Borja exalta confiança de Cuca, que quer lapidar melhor o colombiano

Eram cinco partidas sem marcar, um jejum incômodo que estava aliado às atuações que não convenciam, além de um jogo no banco de reservas e a evidente falta de confiança. Essa era a situação de Borja até a goleada do Palmeiras por 4 a 0 sobre o Vasco. Bastou Cuca chegar para o colombiano tirar a zica e marcar dois gols.

O treinador avisou que daria todo o apoio para que o jogador mais caro da história do clube pudesse readquirir a forma que o levou a esse status, além de poder lapidá-lo melhor dentro dos conceitos do futebol brasileiro.

- Eu ia deixá-lo o jogo inteiro independemente do que fosse, para ele não se preocupar em sair. É um jogador que requer ensinamentos de posicionamento sobre o futebol brasileiro, diferente do colombiano. Os jogadores chamarem ele para repor, deixando o time menos espaçado. Vai muito dos três atacantes fazerem um vaivém, senão a defesa não pode sair. Temos que trabalhar bastante para ele ir evoluindo. Com uma vitória e um par de gols dele, fica mais fácil. Está de parabéns e tem potencial - declarou Cuca.

Na saída de campo, Borja fez questão de elogiar o papel de seu novo treinador em sua atuação contra o Vasco. A tranquilidade oferecida foi determinante para quebrar o jejum.

- A confiança foi funtamental, a confiança que ele me deu desde o primeiro dia foi muito clara e contundente. Ele me disse que eu poderia ficar tranquilo porque eu teria a confiança dele para entrar em campo - afirmou Borja.

Cuca, voltou a falar de confiança não só para o atacante colombiano, mas também para todo o elenco, no qual ele pôde detectar uma carência de confiança.

- Não é o time se mobilizar para ajudar um jogador, o time se mobiliza para se ajudar. No futebol, perder a confiança é dois toquezinhos. Torcida entra no teu ouvido, você não quer mais a bola. Aí é difícil para o treinador. A gente tinha esse time no começo do ano passado, com bons jogadores, sem confiança - disse o comandante.

Borja agora acumula seis gols em 14 jogos pelo Palmeiras e ganhou mais motivação para enfrentar o Internacional nesta quarta-feira, às 21h45, pela Copa do Brasil, novamente no Allianz Parque.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos