Rodrigo Caio admite 'vacilo' e 'desatenção' após estreia desastrosa

O São Paulo não teve a estreia esperada no Brasileirão 2017. Rogério Ceni inovou e escalou três zagueiros, mas o Cruzeiro aproveitou os erros da defesa adversária para chegar à rede com Ábila e garantir o triunfo. Embora o lance do gol tenha surgido a partir de falha de Maicon, Rodrigo Caio - salvo pelo goleiro Renan Ribeiro - admitiu os erros do Tricolor no tropeço no Mineirão.

- Foi falta de atenção nossa, sabíamos que o Cruzeiro só poderia fazer gol em uma desatenção nossa. No primeiro tempo tive infelicidade e eles quase fizeram gol, mas o Renan fez a defesa. No segundo tempo outro vacilo e infelizmente não conseguimos fazer o que gostaríamos, que era uma vitória aqui - disse o são-paulino após a partida.

O time montado por Ceni cometeu muitos erros individuais ao longo do jogo. O principal, no primeiro tempo, foi protagonizado por Rodrigo Caio. Aos 32 minutos, o defensor furou e foi desarmado por Ábila, que entrou livre na área e chutou, para defesa de Renan Ribeiro.

O gol da Raposa só saiu no início do segundo tempo. Maicon tirou a bola de campo com um chutão. Enquanto o zagueiro reclamava com o juiz, Diogo Barbosa aproveitou, e cobrou rapidamente o lateral para Alisson, que cruzou na área para Ábila completar e garantir os três pontos do Cruzeiro.

Apesar da derrota, Rodrigo Caio pediu para a equipe focar na próxima partida, dia 22 de maio, contra o Avaí, no Morumbi. Após as eliminações na Copa do Brasil, para o próprio Cruzeiro, e na Sul-Americana, para o Defensa e Justicia, a Série A é a única competição que resta ao time do Morumbi em 2017.

. Agora é levantar a cabeça, porque sabemos que o Brasileirão é uma final a cada jogo - completou o defensor.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos