Com vantagem, Luverdense busca título inédito na Copa Verde

O Luverdense entrou na final da Copa Verde com o pé direito e já no primeiro jogo bateu o Paysandu por 3 a 1, na Arena Pantanal. Nesta terça-feira, às 20h, as equipes voltam aos gramados do Mangueirão para a decisão que pode dar o bicampeonato ao Papão ou o primeiro título do torneio ao Luverdense.

Para escalar o Verdão do Norte, o técnico Júnior Rocha não vai encontrar dificuldades. A dúvida era o volante Ricardo, mas, recuperado de um desconforto muscular, já está apto a jogar. Dessa forma, o comandante vai repetir o time que venceu o Paysandu com boa vantagem, podendo perder por até um gol de diferença que, ainda ainda assim, conquista o título.

Nem tudo está perdido para o Papão. Para tornar-se bicampeão, o Paysandu conta com o apoio da torcida, em casa, e precisa vencer por três gols de diferença, o que já aconteceu outras quatro vezes nesta temporada. Caso repita o placar do primeiro jogo a seu favor, a disputa será levada para os pênaltis.

Durante a semana, o técnico Marcelo Chamusca realizou algumas alterações no time titular. Expulso no primeiro jogo, o lateral direito Hayner cumprirá suspensão na decisão e Ayrton é o substituto. O meia Diogo Oliveira e o atacante Bergson, que foram poupados na partida em Cuiabá, devem voltar à equipe principal ocupando o lugar de Jhonnatan e Marcão.

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES

Paysandu-PA

Emerson; Hayner, Fernando Lombardi, Pablo e Peri; Augusto Recife, Ricardo Capanema, Diogo Oliveira e Fernando Gabriel; Welinton Júnior (Leandro Carvalho) e Bergson.

Técnico: Marcelo Chamusca

Luverdense-MT

Diogo Silva; Aderlan, Pierre, Dalton e Paulinho; Ricardo, Marcos Aurélio e Douglas Baggio; Rafael Silva, Raphael Macena e Erik.

Técnico: Júnior Rocha

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos