Reforços, descanso e ajustes: os planos do Corinthians na semana sem jogo

  • Ronny Santos/Folhapress

Após a sequência com a decisão do Paulista, viagem ao Chile para a partida contra a La U e a estreia no Brasileirão, o Corinthians terá uma semana de preparação para o próximo jogo, domingo que vem, diante do Vitória, em Salvador. Diretoria e comissão técnica do clube têm diversos planos para essa série mais tranquila - são quatro jogos apenas aos fins de semana, antes de começar uma nova maratona.

Os jogadores ganharam dois dias de folga e se reapresentam nesta terça-feira. A comissão técnica já havia previsto esse descanso aos atletas, que mostraram grande desgaste contra a Chapecoense. Além da sequência de partidas, muitos do elenco sofreram com uma epidemia de gripe. Agora com a semana cheia, Fábio Carille também aproveitará para fazer ajustes na equipe.

"É muito importante ter esse período de folga. Tivemos uma semana para os jogos contra a Ponte Preta, mas tivemos que cuidar de repouso, sem muito tempo de treinos. Depois, contra a Universidad de Chile, na minha opinião a resposta foi muito maior do que a esperada, por conta do título e comemoração. A resposta lá foi muito boa e acabou pesando agora contra a Chapecoense. Faz parte, agora é trabalhar. Vai ser muito importante esse período para trabalharmos bastante. Já está tudo planejado: treinar quarta, quinta, sexta e sábado com bola para o time chegar pronto no domingo contra o Vitória", analisou o treinador.

Nesta semana também será realizado o exame em Pablo, que deixou a partida diante da Chape ainda no primeiro tempo com dores na coxa direita. Uma possível lesão preocupa o departamento médico corintiano, mas não foi divulgado quando o zagueiro será diagnosticado.

A sequência mais tranquila será importante para a diretoria, que busca definir contratações de reforços e a compra de Pablo, que está emprestado pelo Bordeaux (FRA) até o fim da temporada. Para fechar o elenco para a temporada, o Timão quer mais um lateral-direito, um meia e um atacante.

"A diretoria está cuidando de algumas coisas, sim, mas sabemos da dificuldade que é. Pode ser que nos próximos dias algumas contratações acertem", afirmou Carille.

Para o ataque, Clayson deve ser anunciado ainda nesta semana. A Ponte Preta aceitou vender o jogador, eleito a revelação do Campeonato Paulista, mas os clubes negociam a forma que Claudinho e Léo Artur serão repassados para a Macaca - apenas um deverá ser emprestado, enquanto o outro será cedido definitivamente.

Para a lateral direita, Cicinho, do Ludogorets, da Bulgária, é o alvo do Corinthians. Porém, a tendência é de que a situação se resolva apenas em junho, com o fim do Campeonato Búlgaro, e o clube tem pressa por conta da lesão de Léo Príncipe.

Em relação ao meia que pode ser contratado, nomes são mantidos em sigilo, mas os dirigentes já avisaram que não será uma contratação de peso em razão da dificuldade financeira do clube.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos