Dois feridos no acidente com Sub-17 do Vasco seguem em recuperação

O departamento médico do Vasco divulgou novo boletim médico na tarde desta terça-feira para atualizar as informações dos feridos no acidente com o ônibus que estava o time sub-17 cruz-maltino no último sábado. Apenas dois feridos seguem em recuperação - e bem: os pacientes Caio Lopes e Filipe Nunes. De acordo com o clube, apresentam "ótima evolução".

No boletim médico, sobre Filipe Nunes, o Vasco informou que "após uma nova avaliação no Hospital Unimed, localizado na Barra da Tijuca, o analista de desempenho foi liberado pela equipe médica, pois lesões não foram diagnosticadas tanto por parte da neurologia como da ortopedia". A previsão é receba alta até a manhã desta quarta-feira.

A situação mais demorada é com Caio Lopes. No boletim, o Vasco informou que ele está "em tratamento no Hospital Pasteur, no Méier", e "recebeu um novo curativo cirúrgico". Segundo o Cruz-Maltino, Caio ficará cinco dias no hospital antes de ser reavaliado. Durante esse período, o atleta permanecerá em observação no hospital para a drenagem do curativo. Ainda destacou que o jogador está lúcido e passa bem.

Ainda no boletim médico, o Vasco esclareceu que o atleta Douglas Carvalho não sofreu fratura no fêmur e tampouco foi submetido a alguma cirurgia. No comunicado, o clube afirmou que "após um diagnóstico minucioso, o departamento médico determinou o uso de um colete toracolombar, visando estabilizar a área atingida pelo acidente".

Vale lembrar que a equipe sub-17 do Vasco sofreu um acidente na estrada RJ 116, próximo à cidade de Cachoeira de Macacu. O ônibus que transportava a delegação cruz-maltina de Nova Friburgo ao Rio de Janeiro, após uma partida contra o Friburguense, acabou virando em uma das curvas da pista, deixando pessoas feridas. A maioria já teve alta.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos