Sem "cão de guarda", Santos quer usar contra-ataque como principal arma

  • Marcello Zambrana/AGIF

O Santos quer repetir a estratégia dos dois jogos que realizou fora de casa na Libertadores para enfrentar o The Strongest, nesta quarta-feira, na Bolívia, pela quinta rodada do Grupo 2 . Diante de Sporting Cristal, no Peru, e Santa Fe, na Colômbia, o clube garantiu dois empates com uma proposta diferente do que está acostumado a apresentar.

Como visitante na Libertadores, o time comandado por Dorival Júnior adotou postura defensiva e de contra-ataques para conquistar um ponto e pretende repetir a estratégia no confronto de La Paz, considerado o mais difícil pelo treinador.

No entanto, o Alvinegro não terá seu principal ladrão de bolas na Bolívia. Thiago Maia, o líder de desarmes do Peixe na Libertadores, com 15 em quatro partidas, está suspenso pelo terceiro cartão amarelo e deverá dar lugar a Leandro Donizete.

O Santos precisa de uma vitória para se classificar antecipadamente. Caso contrário, terá que confirmar o avanço para as oitavas de final contra o Sporting Cristal, na Vila Belmiro, no dia 23 de maio, terça-feira da semana que vem.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos