Vai emplacar? Gabigol custará mais de R$ 200 milhões à Inter de Milão

O atacante Gabigol chegou à Inter de Milão no início desta temporada com a pompa de uma grande promessa. No entanto, o brasileiro foi pouco aproveitado pelos treinadores, fez apenas dez jogos, um gol e ficou em campo pouco mais de 180 minutos. Segundo o site "Calciomercato", o valor pago pelos italianos será de mais de 60 milhões de euros (R$ 205 milhões).

Os Nerazzurri pagaram 29,5 milhões de euros (R$ 101 milhões), que foram divididos entre Santos (40%), o Doyen Group (20%) e o próprio jogador. No contrato, há também luvas de 6 milhões de euros (R$ 20,5 milhõeS) por cinco temporadas.

No acordo assinado entre as partes, ainda há comissão de 13% do valor da venda do jogador - 4 milhões de euros (R$ 13,7 milhões) - ao empresário de Gabigol, Giuliano Bertolucci.

O pagamento ao agente foi feito em 12 parcelas. Oito delas no valor de 350 mil euros (R$ 1,2 milhão) e quatro de 300 mil euros (R$ 1 milhão). Elas começaram a ser quitadas em setembro do ano passado e terminarão em junho de 2019. Somando-se a tudo isso, há os salários do atleta durante o tempo de contrato com os italianos.

Gabigol chegou à Inter de Milão em setembro, depois de conquistar o ouro olímpico com a Seleção Brasileira. Mas foi pouco aproveitado no futebol italiano e não conseguiu emplacar em sua primeira temporada com os técnicos Frank de Boer e Stefano Pioli, que já saíram do clube demitidos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos