Cristiano Ronaldo brilha e deixa o Real a um empate do título espanhol

Cristiano Ronaldo brilhou mais uma vez com camisa do Real Madrid. O português marcou dois gols na vitória sobre o Celta de Vigo, fora de casa, por 4 a 1, e deixou o time a um empate de faturar o Espanhol, título que não conquista desde a temporada 2011/12 . Os outros gols foram marcados por Benzema e Kroos, com Guidetti descontando. A última partida na competição será contra o Málaga, no La Rosaleda, às 15h45 (de Brasília).

Agora, o Real tem 90 pontos, contra 87 do Barcelona, que encara na última rodada o Eibar, no Camp Nou. Para os catalães conquistarem o título, é necessário vencer o seu jogo em casa e torcer para o rival perder para o Málaga.

O técnico Zinedine Zidane não quis arriscar e mandou a campo o time titular do Real Madrid. Apenas Carvajal e Bale, lesionados, ficaram fora. O Real apostou em esperar um pouco as ações do Celta para sair no contra-ataque.

O último passe merengue, contudo, era defeituoso no início e os ataques não estavam rendendo frutos. Até que Marcelo apareceu. O lateral deu lançamento preciso para Isco, que acabou desarmado na entrada da área. Mas a bola caprichosamente caiu nos pés de Cristiano Ronaldo, que ajeitou para a canhota e soltou a bomba no canto, sem chances para Álvarez.

Com a vantagem, o Real ficou em seu campo e via o Celta trocar passes - sem objetividade - à espera de uma bola. E que ela quase chegou a Cristiano Ronaldo em um rápido contra-ataque, mas Roncaglia se esticou e evitou o segundo gol do gajo.

Nos últimos minutos, o Celta foi mais presente no campo ofensivo do Real. Em falta da entrada da área, quase empatou, mas Navas salvou. Os galegos não tinham precisão no último passe, facilitando para a defesa madridista. Se na troca de bola estava difícil, Aspas tentou jogada individual e quase deixou tudo igual.

O início do segundo tempo mostrou a diferença de nível entre as duas equipes. O que o Celta de Vigo tentou em 45 minutos, o Real emplacou em três. Em contra-ataque preciso, Isco avançou e deixou Cristiano Ronaldo na boa para fazer o segundo. A situação dos anfitriões ficou ainda pior quando o juiz deu o segundo cartão amarelo para Aspas por simulação, que não ocorreu, e mandou o atacante da seleção espanhola para o chuveiro mais cedo.

Apesar da desvantagem numérica, o Celta de Vigo diminuiu com Guidetti no Balaídos, após saída errada de Isco. A torcida merengue, contudo, não teve tempo de ficar preocupada. No ataque seguinte, Marcelo cruzou e Benzema fez o terceiro, recolocando dois gols à frente. Logo em seguida, Cristiano Ronaldo perdeu um gol feito, daqueles que ele não costuma desperdiçar.

No fim do jogo, Zidane poupou alguns jogadores para o confronto contra o Málaga. Tirou o já amarelado Casemiro e o português Cristiano Ronaldo, o nome do jogo. E ainda teve tempo para Kroos fechar o placar com um golaço, deixando o zagueiro no chão antes de finalizar. Grande partida do Real Madrid, que agora só precisa do empate para conquistar o título.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos