Henrique reclama de bandeirinha, mas confia em virada do Flu: 'Nada perdido'

O Fluminense precisará vencer o Grêmio por dois ou mais gols de diferença para seguir vivo na Copa do Brasil. Na saída de campo nesta quarta-feira, na Arena do Grêmio, o capitão Henrique afirmou que a derrota por 3 a 1 não definiu o confronto e confia na reação no Maracanã, no dia 31 de maio.

O zagueiro ainda fez uma reclamação curiosa sobre o comportamento da arbitragem no confronto em Porto Alegre.

- Jogamos bem. Tivemos chances durante o jogo. O juiz fez algumas marcações erradas. O bandeirinha está rindo. Não sei do que ele está achando graça. Mas não tem nada perdido. Temos o próximo jogo pela frente e totais condições de conseguirmos a classificação para a próxima fase - comentou o capitão do Flu.

A maior reclamação do Fluminense na partida contra o Grêmio foi na primeira etapa, em cobrança de escanteio da direita em que Richarlison caiu na área pedindo pênalti. Como deixou de dar alguns cartões amarelos, o árbitro Dewson Freitas perdeu um pouco do controle do jogo na segunda etapa, deixando passar algumas faltas duras, o que gerou reclamação dos dois lados.

O elenco do Fluminense retorna ao Rio de Janeiro nesta quinta-feira, com desembarque previsto para às 15h30. Os jogadores se reapresentam na sexta, no CT Pedro Antonio, já visando a partida contra o Atlético-MG no domingo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos