"Muitos não acreditavam que eu daria certo na Europa", diz Willian José

  • Ander Gillenea/AFP Photo

Real Madrid e Barcelona seguem na briga pelo título, mas outra disputa promete movimentar a última rodada do Campeonato Espanhol. Três times ainda lutam por duas vagas na Liga Europa: Villarreal, Athletic Bilbao e Real Sociedad.

As três equipes entram em campo às 11h45 (de Brasília) do próximo domingo. O Villarreal está em quinto, com 64 pontos, e termina sua participação no Campeonato Espanhol contra o Valencia, no Mestalla. O Athletic Bilbao, na sexta colocação, com 63, encara o Atlético de Madrid, no último jogo do Colchonero no Vicente Calderón. Na sexta posição, também com 63, está a Real Sociedad, que pega o Celta de Vigo, no Balaídos.

Um dos destaques da Real Sociedad na temporada, o brasileiro Willian José é a esperança de gols dos bascos neste jogo diante do Celta de Vigo. O brasileiro já marcou 12 no Campeonato Espanhol e foi ultrapassado por Neymar na tabela de artilheiros somente na última rodada, quando o camisa 11 do Barcelona balançou as redes três vezes.

Em entrevista ao LANCE!, o atacante falou que a sua equipe está concentrada para conquistar uma vaga na Liga Europa, que será um prêmio pela boa temporada da Real Sociedad.

"A briga está boa. O Athletic Bilbao é o nosso maior rival. Estamos empatados em números de pontos com eles e um atrás do Villarreal. Nosso time está bem focado para este último jogo contra o Celta e sabemos a importância da classificação para a Liga Europa", disse o atacante, que entrou em campo em 33 partidas, com 14 gols anotados:

"Estou fazendo um bom campeonato. Tive algumas lesões que me deixaram fora por cerca de dez jogos. Foi difícil para mim, mas ainda sou o artilheiro do time no Espanhol, com 12 gols, mais até que o Benzema, do Real Madrid. Para mim é muito gratificante. É a sequência do trabalho que eu venho fazendo desde o ano passado no Las Palmas. Estou muito feliz e espero ajudar a Real Sociedad nesta última partida", disse.

BATE-BOLA COM WILLIAN JOSÉ

Recentemente, você completou 100 partidas na Europa, em trajetória que começou no Real Madrid. Como analisa essa passagem pelo futebol europeu? O que faltou para dar mais certo nos Merengues?
Muitos não acreditavam que eu daria certo aqui. Vim para o Real Madrid B, joguei apenas uma partida pelo profissional e logo meu empréstimo acabou e fui para o Zaragoza. Atuei no Las Palmas e estou na Real Sociedad. As coisas estão acontecendo naturalmente, estou colhendo os frutos agora do trabalho que comecei no Real Castilha.

E como você vê essa rivalidade com o Athletic Bilbao?
A rivalidade muito grande aqui com o Athletic Bilbao, como se fosse um São Paulo e Corinthians. É o nosso maior rival e brigamos com eles por uma vaga na Liga Europa. Temos condições de fazer um bom jogo diante do Celta para conseguir a classificação.

Você jogou com o Casemiro no São Paulo e também no Real Madrid B. A amizade permanece até os dias de hoje? Como é a relação entre vocês?
Joguei com o Casemiro na seleção sub-20 e no São Paulo, mas não cheguei a jogar com ele no Real Madrid B, pois ele já estava no profissional. Mas sempre que jogamos contra, conversamos muito, trocamos camisas. Já tenho uma coleção de camisas dele. A gente tem uma amizade muito boa.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos