Com retorno de dupla titular, Dorival tenta resgatar confiança da defesa

A defesa já foi o ponto mais forte do Santos nesta temporada, mas nos últimos quatro jogos elevou a média de gols sofridos, tento sido vazada em sete vezes. Três em um só jogo, contra o Fluminense. Mas neste sábado, às 16h, contra o Coritiba, o técnico Dorival Júnior terá a chance de reestruturar o setor defensivo com uma dupla de confiança.

É justamente nesta partida que ele conta com os retornos do zagueiro David Braz e e do lateral-esquerdo Zeca, que estavam machucados. O camisa 14 teve um estiramento leve na cabeça lateral do bíceps femoral da perna esquerda, sofrido no dia 8 de maio. Já Zeca operou o menisco do joelho esquerdo há pouco mais de um mês.

A melhor sequência da defesa santista ocorreu entre os dias 10 e 26 de abril, nos duelos contra Ponte Preta, Santa Fe e Paysandu, em que Vanderlei não sofreu gols.

Por outro lado, Dorival Júnior não poderá escalar a defesa considerada ideal, já que o lateral-direito Victor Ferraz foi poupado da partida, por ainda sentir cansaço do jogo de quarta-feira, contra o The Strongest, na Bolívia.

O goleiro Vanderlei sequer treinou na sexta-feira e ficou na academia. O camisa 1 sentiu dores nas pernas em La Paz e ainda durante o confronto da Libertadores deixou de bater tiros de meta. Este, porém, está relacionado para encarar o ex-time.

Ao lado de David Braz, também há dúvidas. Lucas Veríssimo, outro titular absoluto, status conquistado neste ano, tem chance de ser poupado. Neste caso, daria lugar a Cleber.

Para readquirir a integridade dos guardiões do Santos, nada melhor escalar quem o treinador mais confia.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos