ATUAÇÕES: Dupla de volantes fazem a diferença para a alegria de Jair

O Botafogo começa a transformar o Engenhão em seu caldeirão em 2017. E outra vez o excelente padrão tático defensivo dos comandados de Jair Ventura fizeram a diferença e garantiram o primeiro triunfo do Glorioso no Campeonato Brasileiro, sobre a Ponte Preta, por 2 a 0, nesta noite de domingo. Com destaque para Bruno Silva e Rodrigo Lindoso, que decidiram atrás e na frente, o comandante viu a sua equipe vencer sem sustos. E os volantes foram os caras da equipe com um gol cada. Veja as atuações abaixo.

BOTAFOGO

6,5

Gatito Fernández

A Ponte não foi tão precisa nos chutes, mas, nas duas chances mais claras, o goleiro do Bota teve participação impecável. Lucca que o diga.

6,0

Arnaldo

Estreante na lateral direita do Bota, teve uma atuação com regularidade e mostrando muita disposição.

6,5

Joel Carli

Muito preciso no posicionamento e nos cortes, especialmente nas bolas alçadas à área.

6,5

Igor Rabello

Levou cartão na única jogada que perdeu o tempo do bote. No mais, outra atuação digna de elogios.

5,5

Victor Luis

Não esteve tão bem tecnicamente. Apoiou pouco por causa da presença de Nino Paraíba e ficou prejudicado por um problema no tornozelo.

7,0

Rodrigo Lindoso

Bom posicionamento defensivo e preciso na ocasião em que se lançou ao ataque e marcou, com belo chute, o segundo gol do Botafogo.

7,0

Bruno Silva

Abriu o placar com um bonito chute. Deu consistência no meio-campo enquanto teve fôlego. Mostrou queda física no segundo tempo.

6,0

João Paulo

Não foi tão eficiente quanto os outros dois colegas de meio. Errou alguns passes, mas esforçou-se para impedir as transições rápidas da Ponte.

5,5

Camilo

Não esteve nos melhores dias. Faltou entender-se melhor com Roger e Pimpão nas jogadas de ataque. Acabou substituído.

6,0

Rodrigo Pimpão

Deu bobeira em alguns domínios, mas movimentou-se bastante. Precisou cumprir o papel tático de abdicar de alguns lances ofensivos para acompanhar o lateral.

6,0

Roger

Apesar de não ter dado uma finalização sequer, ajeitou a bola para a o chute certeiro de Bruno Silva no primeiro gol do Bota.

6,0

Gilson

Conseguiu cumprir o papel de "dobrar" a marcação pelo lado esquerdo da defesa alvinegra. Impediu avanços da Ponte.

6,5

Guilherme

Perdeu um gol absurdo, mas, logo na primeira jogada em ação, fez a jogada do segundo do Botafogo.

6,0

Airton

Entrou com a vantagem construída. Cumpriu o papel de controlar as ações derradeiras da Ponte no jogo.

7,0

Jair Ventura

Botafogo teve o controle do jogo. Fez alterações "fora da caixinha", mas o time continuou organizado e sem passar muitos sustos.

PONTE PRETA

6,0

Aranha

Sem culpa nos gols. Ainda fez um milagre e evitou o terceiro.

5,5

Nino Paraíba

Deu presença ofensiva ao time pela direita, mas só o posicionamento não foi suficiente. Perdeu disputa que originou 1 a 0 do Bota.

?

6,0

Marllon

Atacantes do Botafogo não foram tão presentes na área. Isso facilitou.

5,5

Kadu

Afastou mal a bola que originou o primeiro gol e deu outras bobeiras.

6,0

João Lucas

Participou bastante. Poderia ter caprichado nos cruzamentos.

5,5

Fernando Bob

Errou poucos passes, fez desarmes importantes, mas a saída de bola poderia ter sido mais rápida.

5,0

Elton

Perdeu duelos importantes. Levou a pior contra os volantes do Bota.

5,5

Jadson

Deu um chute perigoso no primeiro tempo. Saiu no intervalo.

4,5

Ravanelli

Errou muitas jogadas e perdeu bolas no último terço do campo.

6,0

Lucca

Foi o mais incisivo do time, mas falhou cara a cara com Gatito.

5,0

Lins

Faltou chutar mais e dar sequência às jogadas na frente.

5,0

YurI

Entrada não surtiu efeito.

5,5

Xuxa

?Entrou com o caldo entornado.

6,0

Wendel

Nada acrescentou.

5,0

Gilson Kleina

Time não empolgou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos