Lahm encerra carreira sem nunca ter recebido um cartão vermelho

A aposentadoria de Philipp Lahm surpreendeu muita gente. Um dos melhores defensores da história do Bayern e da Alemanha, ele encerrou sua carreira no último sábado, na vitória dos bávaros por 4 a 1 sobre o Freiburg. Aos 33 anos, ele ainda carrega uma estatística interessante: nunca foi expulso, seja com cartão vermelho ou com dois amarelos.

Algumas lendas do futebol já conquistaram esse feito. Michel Platini, Raúl González e Gary Lineker conseguiram antes, quando o número de cartões era inferior ao de hoje. Atualmente, Andres Iniesta, Karim Benzema e João Moutinho também nunca viram o vermelho. O que pesa, no caso de Lahm, é o fato dele ser um defensor.

O jogador alemão se despediu do futebol vestindo a camisa do Bayern por quase toda carreira, exceto quando foi emprestado para o Stuttgart de 2003 a 2005. Ele fez 517 jogos pelo clube e 113 pela seleção nacional. Além disso, ganhou 22 títulos e marcou 19 gols. Em seu currículo, uma Copa do Mundo, uma Liga dos Campeões e nove Bundesligas.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos