Ex-jogadores do Vasco comentam a decisão de Milton em barrar Nenê

Além da vitória por 2 a 1 sobre o Bahia no último domingo, pelo Brasileirão, um assunto que ficou em destaque no Vasco foi a barração de Nenê na partida. Foi a primeira vez que o meia ficou no banco por ordem técnica desde que chegou ao clube, em 2015. Para comentar o tema, o LANCE! procurou ex-jogadores do Cruz-Maltino para saber a opinião deles sobre decisão do técnico Milton Mendes.

GEOVANI - O 'Pequeno Príncipe'

Uma situação como esta pode ser muito importante para o Nenê. Ele para de se sentir um titular absoluto, que é um risco muito grande para qualquer jogador estacionar na carreira. Nenê tem de saber que ninguém é insubstituível, especialmente porque o Vasco jogou bem sem ele.

Com este momento na reserva, ele vai analisar por que aconteceu, e treinar ao máximo, até melhorar, e comprovar em campo a capacidade de ser titular. Quem só tem a ganhar com isto é o Vasco.

TITA

É inegável que o Nenê carregou o Vasco nas costas durante dois anos. Mas é o momento de ele entender que não está em uma boa fase, e o treinador sabe analisar isto.

Após o treinador analisar esta qualidade, cabe ao Nenê se preparar melhor para estar bem. Afinal, ele tem condições de ser titular, e é melhor que muitos do Vasco.

ACÁCIO

A maneira como Milton Mendes conduziu esta questão ajudará muito o Nenê. Independente de ele ser um ídolo, ter uma influência grande, ele não pareceu insatisfeito no período em que ficou no banco. Milton mostrou sua força, comprovou que tem o grupo na mão

Além de lidar com a situação de forma tranquila, como uma situação momentânea, cabe a Nenê dar uma repensada na forma como está jogando para lutar por sua titularidade. Porque potencial para ser titular, ele tem de sobra.

MAURO GALVÃO

O principal é não atribuir a vitória do Vasco à saída do Nenê. Acho que essa decisão do Milton Mendes partiu de análises que ele fez durante esse tempo. Pode ser para testar outro jogador ou até mesmo o fato de Nenê e Luis Fabiano jogando juntos. O Nenê é um jogador de idade mais avançada e precisa de um certo cuidado. São diversos fatores que podem ser analisados para essa decisão. É difícil para quem não está no dia a dia comentar alguma coisa sobre isso. Só quem está lá acompanhando as coisas para falar com propriedade dessa mudança.

Mas futebol é assim, não podem ser sempre os mesmos. Ainda mais que o Vasco está vivendo essa fase turbulenta. Então é precisa buscar alternativas para mudar isso. O jogador faz parte do grupo e não é obrigatória escalá-lo sempre.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos