Maia ressalta 'raça' na Libertadores e quer liderança: 'Sonhamos com isso'

Mesmo com a liderança no grupo 2, o Santos ainda precisa de uma vitória sobre o Sporting Cristal, em partida que ocorrerá nesta terça-feira, às 21h45, na Vila Belmiro, para poder escolher o mando de campo no jogo de volta das oitavas. Para Thiago Maia, a equipe santista tem que seguir dando o seu melhor dentro da Competição Continental e ressaltou a importância da partida ser na Vila Belmiro ou no Pacaembu.

- Não é porque estamos classificados, que vamos abrir mão. Queremos a liderança, sonhamos com isso desde o ano passado. Temos que dar nosso melhor. É importante poder decidir na Vila ou no Pacaembu - explicou.

O desgaste da sequência de jogos e falta de tempo para a preparação dos jogos afetou o time de Dorival Júnior, que caiu de rendimento taticamente. O volante concordou com o treinador e brincou:

Se não for tecnicamente, vai na raça. Ganhamos alguns jogos na raça. Professor tem falado isso, que às vezes vai na pancada, na raça, não dá pra tocar. Muitos reclamaram da falta de raça, mas enxergam isso hoje. Libertadores é assim - concluiu.

Com as dificuldades, o comandante santista enalteceu a entrega da equipe no jogo contra o Coritiba, neste sábado, em que o Alvinegro ganhou por 1 a 0. Dorival falou sobre não ter como cobrar a equipe taticamente.

Não tenho como cobrar taticamente uma equipe com a semana desgastante que tivemos. Jogadores se doaram muito em busca do resultado. Tenho que enaltecer e apagar qualquer situação técnica e tática - explicou em entrevista coletiva após a partida.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos