"Múltiplo", Rodriguinho vai de volante a atacante em boa fase corintiana

Rodriguinho tem sido peça fundamental na boa fase do Corinthians, que já soma 15 jogos de invencibilidade na temporada e conseguiu neste domingo sua primeira vitória em duas rodadas do Campeonato Brasileiro. O camisa 26 é o vice-artilheiro com oito gols (um a menos que Jô) e também o segundo em assistências, com cinco passes para gol (um a menos que Guilherme Arana). Além dos bons números, o meia exibe comportamentos táticos que chamam atenção, e chega a desempenhar até três funções durante os jogos.

A partida deste domingo contra o Vitória é o maior exemplo deste Rodriguinho "múltiplo": no primeiro tempo, ele atuou como segundo atacante ao lado de Jô, pressionando a saída de bola do time baiano para construir jogadas de perigo já perto do gol de Fernando Miguel. Com o ímpeto do time reduzido após a pressão, o meia recuou para a intermediária para ficar alinhado com Jadson buscando infiltrações e passes. No fim, Rodriguinho voltou a ser volante com a entrada de Marquinhos Gabriel, já que Maycon foi substituído e era necessário alguém mais próximo de Gabriel para marcar e sair jogando.

"O Fábio quis colocar o time mais para frente, viu que tinha possibilidade de sair com a vitória e me perguntou se eu podia armar um pouco mais de trás. Isso nos ajudou a conseguir a vitória", disse.

O Corinthians tem atuado no 4-2-3-1 nesta temporada, com Rodriguinho centralizado na linha de três do meio-campo, com Jadson aberto pela direita e Romero do lado esquerdo. O clube busca um jogador para ser opção a ele no elenco, pois atualmente só Pedrinho e Camacho desempenham função semelhante.

Rodriguinho atuou 24 vezes nesta temporada, marcou oito gols e conseguiu cinco assistências.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos