Revista revela que Ricardo Teixeira negocia delação com Estados Unidos

Investigado pelo FBI, o ex-presidente da CBF Ricardo Teixeira está negociando um acordo de delação premiada com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos, segundo informa a revista Veja.

Em maio de 2015, o FBI e a Procuradoria Geral dos EUA iniciaram uma longa investigação sobre a Fifa e Ricardo Teixeira foi um dos nomes acusados de abuso de poder contínuo. Além dele, o seu sucessor na CBF, Marco Polo Del Nero, também está sob investigação dos americanos e ambos evitam sair do país.

A delação é um dos principais métodos de investigação da Procuradoria americana sobre os ex-dirigentes. O nome de Ricardo Teixeira, inclusive, foi citado no início de 2017, quando o ex-presidente da Conmebol, o uruguaio Eugenio Figueiredo, revelou à polícia americana que Teixeira era o líder da divisão de propinas no futebol da América do Sul.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos