Bruno Silva é denunciado por 'nova' bolada em juiz e pode pegar gancho

Dor de cabeça para o Botafogo na sequência do Brasileirão: o volante Bruno Silva será julgado pelo STJD por desrespeitar a arbitragem ao chutar a bola em direção ao juiz Bráulio da Silva Machado na estreia do Alvinegro na competição, contra o Grêmio, em Porto Alegre. Enquadrado no artigo 258, §2º, II do CBJD, o atleta pode pegar até seis jogos de suspensão no julgamento sexta-feira.

Esse não é o primeiro caso em que Bruno Silva é denunciado por chutar a bola na arbitragem: na final da Taça Rio deste ano, contra o Vasco, ele acertou uma bolada no juiz Bruno Arleu de Araújo. No julgamento, pegou três jogos. Como já cumpriu um este ano, ficou devendo mais dois para o Carioca de 2018.

- Foi sem intenção a bolada no juiz (contra o Vasco). Contra o Grêmio também foi uma infelicidade. Não me preocupo com isso. Sei que não sou isso que estão falando. Vou continuar trabalhando e sei que mais gols vão sair para ajudar o Botafogo. Pratico um esporte de contato. Expulsão é normal. Não foi a ultima vez - se defendeu o atleta na entrevista coletiva da última segunda-feira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos