Diretor detalha especulações e diz quem tem chance de chegar ao Corinthians

  • Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

    Flavio Adauto durante apresentação de Clayson

    Flavio Adauto durante apresentação de Clayson

Dirigentes e o técnico Fábio Carille admitem publicamente que o Corinthians busca reforços para o restante da temporada, e alguns jogadores passaram a ser especulados no clube. O diretor de futebol Flávio Adauto, por exemplo, disse que tem recebido diversas ofertas por mensagens no celular nos últimos dias. Após a chegada do atacante Clayson, o Timão ainda quer mais um lateral-direito, um zagueiro e um meia para fechar o elenco para o segundo semestre.

Por conta deste cenário, o LANCE! levou a Flávio Adauto todos os nomes que já foram cotados como possíveis reforços do Corinthians. A começar pela zaga, posição em que o clube negocia com Anderson Martins, o dirigente falou sobre Leandro Castán, atualmente no Torino (ITA).

"Que eu saiba não houve contato, estamos vendo outros nomes, mas não descartaria. Ele teve uma passagem brilhante aqui e foi embora depois da conquista da Libertadores (em 2012). Então, ele deixou marca aqui, mas não houve nada. Aquele momento que nos deixa desconfortável é quando são citados centenas de nomes, cujos empresários têm interesse que jogue pelo Corinthians, mas isso incomoda porque você não tem conhecimento e nem buscou ninguém. Eu tenho no celular, só nesta semana, apresentação de três argentinos, dois chilenos e dois uruguaios, com nome, ficha, idade e vídeo. Nos últimos dias recebi no mínimo nove zagueiros. Eu encaminho para o Cifut (Centro de Inteligência do Futebol do Corinthians), não vou desdenhar. É um direito deles ofereceram, mas isso incomoda", afirmou Flávio Adauto.

Ainda em relação à defesa, outro jogador especulado foi Enzo Roco. Como o LANCE! mostrou na semana passada, o Corinthians recebeu indicação sobre o chileno de 24 anos que defende o Cruz Azul (MEX), enviou um representante para colher informações, mas não mostrou interesse na contratação. "Muito provavelmente não vem", disse Flávio Adauto.

No meio de campo, Mancuello apareceu como possível interesse do Corinthians. O argentino foi contratado pelo Flamengo no início de 2016, por cerca de R$ 12 milhões, mas ainda não conseguiu corresponder.

"Recebi duas ou três mensagens perguntando sobre o Mancuello. Conversei com a comissão técnica e com o Alessandro (gerente de futebol), e ninguém tinha informação. Quando eu falo isso, não impede que o presidente esteja conversando e vai nos comunicar depois. Mas não tem acontecido isso, ele nunca liga para dizer que alguém o procurou", declarou o diretor corintiano.

Outro nome especulado não só no Corinthians foi do atacante Sassá, que foi afastado pelo Botafogo e chegou a ser oferecido ao Palmeiras. No Timão, entretanto, Flávio Adauto disse que não houve conversas pelo jogador. "Não tem nada. Nem tivemos contato com ninguém", disse.

Para a lateral direita, o Corinthians tem negociações avançadas com Cicinho, que deve chegar por empréstimo por um ano do Ludogorets (BUL). Perguntado se já poderia considerar as tratativas concluídas, Flávio Adauto riu antes de limitar-se a dizer: "Só está fechado quando o jogador está aqui treinando", disse.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos