CBF nega participação de Sandro Rosell em contratos da entidade

Após a prisão do espanhol Sandro Rosell, ex-presidente do Barcelona e ex-executivo da Nike, a CBF se posicionou por meio de nota enviada ao LANCE! para negar envolvimento do ex-dirigente nos contratos da entidade, mais especificamente nos acordos envolvendo direitos de transmissão dos amistosos da Seleção Brasileira.

Rosell, capturado pela polícia da Espanha nesta terça-feira, é suspeito de lavagem de dinheiro, inclusive em transações envolvendo Ricardo Teixeira, ex-presidente da CBF. O acordo entre entidade e Nike, na época em que Teixeira e Rosell representavam cada um dos lados, também é alvo de investigação da Justiça dos Estados Unidos, no chamado Fifa Gate.

"A Confederação Brasileira de Futebol informa que desconhece qualquer participação do Sr. Sandro Rosell em contratos firmados pela entidade. Não há nenhum registro de sua suposta atuação em negócios realizados pela CBF a qualquer tempo. Esclarece ainda que não recebeu qualquer pedido de informação oficial a respeito do tema", disse a entidade.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos