Em alta e mais solto, Rodinei curte fase de goleador no Flamengo

  • Juan Ignacio Roncoroni/EFE

O lateral-direito Rodinei vive um momento especial no Flamengo. Nas últimas cinco partidas que disputou, ele fez quatro gols. A facilidade para balançar a rede é explicada, em parte, pela liberdade que o camisa 2 tem para atacar. Ele costuma entrar no segundo tempo como um ponta direita, fazendo uma dobradinha com Pará, que também joga no mesmo lado do campo.

Recentemente, o técnico Zé Ricardo já tinha dado indícios de que aproveitaria a vocação ofensiva de Rodinei.

"Se fosse treinador do Rodinei na escolinha, eu teria apostado nele como atacante. Ele tem essas características. Ele é aquele jogador que, por valência física, tem condição de chegar rápido ao ataque e também compor com facilidade. O Rodinei tem isso por natureza e, desde o momento que a gente trouxe novamente essa ideia, ele topou, é um jogador que está sempre disponível. Além de tudo, trabalha muito e é muito querido pelo grupo", disse o treinador ao SporTV.

Rodinei chegou ao Flamengo no início de 2016 e rapidamente ganhou a condição de titular com o então técnico Muricy Ramalho. Ele só perdeu a vaga quando sofreu uma contusão em julho do ano passado, durante o Campeonato Brasileiro. Foi ali que Pará deu a volta por cima e passou a encantar a torcida. Nesta temporada, ele voltou a brilhar depois que passou a jogar mais adiantado.

Os gols de Rodinei: um na vitória de 3 a 0 sobre o Atlético-GO; o camisa 2 fez o gol do Flamengo na derrota de virada, por 2 a 1, para o San Lorenzo; ele fez o gol do título Carioca, contra o Fluminense, em vitória por 2 a 1; o primeiro da série saiu na vitória de 3 a 1 sobre a Universidad Católica, no Maracanã.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos