Tem que manter isso! Santos goleia e classifica em 1º na Libertadores

Intenso do começo ao fim. Marcando desde o ataque. Criando com velocidade. Com a calma de quem já estava classificado, mas sem diminuir o ritmo. O Santos fez tudo que Dorival Júnior queria para vencer o Sporting Cristal por 4 a 0. A vitória não encanta só o torcedor ou o treinador, mas credencia o Peixe para chegar nas oitavas de final com moral.

O triunfo foi o terceiro do Peixe como mandante e o garantiu como líder do Grupo 2, além de manter a invencibilidade na Libertadores.

O que chamou a atenção foi que, mesmo sem Lucas Lima e Bruno Henrique, na teoria os mais armam as jogadas de ataque, o Peixe soube se virar com Vladimir Hernández e Copete. Mas foi com David Braz que o placar saiu do zero.

O zagueiro aproveitou o rebote do goleiro Viana para empurrar para o gol. Já o segundo foi de mérito total do setor ofensivo, que com Vitor Bueno pressionou a saída de bola, fez o goleiro errar o passe que sobrou para Ricardo Oliveira, de pé esquerdo, estufar as redes e ampliar a vantagem no primeiro tempo.

Os peruanos, já desclassificados antes da partida, não tinham nada a perder e por isso foram ao ataque. Lucas Veríssimo e Thiago Maia deram conta de roubar a bola para iniciar a maioria dos contra-ataques.

No segundo tempo, o Alvinegro seguiu no comando da partida, mas de uma maneira mais cautelosa. Posse alta e bola que ia da esquerda para a direita, sempre passando por Renato. Era questão de tempo para o placar aumentar e o Sporting Cristal se expor ainda mais.

Dito e feito. Da defesa até o ataque a jogada do terceiro gol foi construída com velocidade, até Vitor Bueno receber, driblar dois zagueiros, o goleiro e finalizar só quase em cima da linha.

Nem mesmo a larga vantagem fez o Santos tirar o pé. Mais pressão. Escanteio, desvio de Renato, outro gol de Braz, desta vez de cabeça. Com direito a olé na Vila Belmiro. Vanderlei, herói dos últimos jogos, curtiu uma noite mais calma.

O conforto no marcador fez Dorival dar chances a quem tem poucas. Thiago Ribeiro e Léo Cittadini entraram no segundo tempo, além de Kayke, este opção mais requisitada.

Com atuação de gala e números de gigante na Libertadores, Dorival só pode pedir uma coisa: "Tem que manter isso, viu?"

FICHA TÉCNICA

SANTOS 4 X 0 SPORTING CRISTAL(PER)

Local: Vila Belmiro, Santos (SP)

Data-Hora: 23/5/2017 - 21h45

Árbitro: José Mendez (PAR)

Auxiliares: Juan Zorrilla (PAR) e Carlos Caceres (PAR)

Público/renda: 6.632 pagantes/R$ 234.160,00

Cartões amarelos: Victor Ferraz (SAN), Gabriel Costa e Revoredo (SPC)

Cartões vermelhos: -

Gols: David Braz (19'/1ºT) (1-0), Ricardo Oliveira (22'/1ºT) (2-0), Vitor Bueno (21'/2ºT) (3-0), David Braz (26'/2ºT) (4-0),

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Zeca (Thiago Ribeiro, aos 26'/2ºT); Renato, Thiago Maia (Léo Cittadini, aos 28'/2ºT) e Vladimir Hernández (Kayke, aos 20'/2ºT); Vitor Bueno, Copete e Ricardo Oliveira. Técnico: Dorival Júnior.

SPORTING CRISTAL: Viana; Revoredo, Cazulo, Luis Abram e Céspedes; Pedro Aquino, Ballón e Lobatón (Calcaterra, aos 18'/2º); Fernando Pacheco (Gabriel Costa, aos 13'/2ºT), Írven Ávila e Alexis Rojas (Cristian Ortiz, aos 28'/2ºT). Técnico: José del Solar.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos