Chape encerra devolução de objetos encontrados nos destroços do voo

Até que enfim! Na tarde desta quarta-feira chegaram a Chapecó o restante da cerca de 300 objetos das vítimas da tragédia aérea de Medellín, de 29 de novembro, que deixou 71 mortos e seis feridos.

O transporte das peças achadas nos destroços do avião da LaMia estava soba responsabilidade da empresa britânica Blake. A demora de quase seis meses aconteceu pois os objetos precisaram ser identificados, catalogados e serem verificados nas embaixadas de Brasil e Colômbia.

Das 71 vítimas, apenas 23 tiveram pelo menos um objeto devolvido. A lista inclui mochilas, roupas, bíblias, tênis e até computadores. Entre os agraciados estão o treinador Caio Júnior, o preparador físico Anderson Paixão, o presidente Sandro Pallaoro, além dos jogadores Ananias, Danilo, Mateus Caramelo, Matheus Biteco e Tiaguinho.

Essa foi a terceira e última etapa de devoluções dos pertences. A primeira aconteceu no jogo de ida contra o Nacional - COL, em 04/04 e a segunda remessa foi na última sexta-feira, com objetos praticamente intactos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos