Calleri é dispensado pelo West Ham e são-paulinos já clamam por sua volta

Uma notícia vinda da Inglaterra trouxe esperanças à torcida são-paulina nesta quinta-feira. O West Ham anunciou oficialmente que não ficará mais com Jonathan Calleri e a torcida já faz campanha pela volta ao Morumbi do argentino, autor de 16 gols pelo clube no ano passado.

Por enquanto, não há destino definido para o atacante de 23 anos. Ele tem seus direitos econômicos vinculados ao clube uruguaio Deportivo Maldonado, ligado aos empresários que pagaram 11 milhões de euros (quase R$ 40 milhões) para tirá-lo do Boca Juniors, no fim de 2015.

Calleri estava emprestado ao West Ham e não convenceu os ingleses a prorrogarem sua permanência. O jogador de 23 anos atuou em 19 partidas, somente quatro como titular, e marcou apenas um gol, em vitória sobre o Middlesbrough, pelo Campeonato Inglês.

Mas o desempenho não apaga a marca que ele deixou na torcida são-paulina. Em 2016, ele atuou só o primeiro semestre pelo Tricolor e balançou as redes 16 vezes em 31 partidas. Foi artilheiro e peça fundamental na campanha do time até a semifinal da Libertadores.

No início do ano, Calleri já tentou convencer o grupo de investidores que detém seus direitos econômicos a recolocá-la no São Paulo, mas não teve sucesso. Apesar de ser torcedor do Boca Juniors, ele e sua família não esquecem como foram acolhidos no Morumbi e o jogador costuma citar em suas redes sociais que será para sempre um tricolor.

Por enquanto, só se sabe que Calleri estará no CT são-paulino em breve, durante suas férias, apenas para visitar os amigos. Mas alguns torcedores já comemoram ao imaginar um trio ofensivo formado por Calleri, Pratto e Cueva. Mesmo sem nenhum indício público sobre o retorno do argentino de 23 anos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos