Anderson Martins não tem garantia de rescisão, mas Corinthians segue atento

  • Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Em férias no Brasil já há três dias, o zagueiro Anderson Martins ainda não sabe qual será seu próximo destino. Ele tem um ano de contrato com o Umm Salal, do Qatar, e seus representantes negociam a rescisão deste vínculo, o que não é um processo simples. Interessado na repatriação do jogador que já esteve no Parque São Jorge em 2014, o Corinthians segue atento às conversas, manifestou disposição de entrar na disputa assim que houver a rescisão e, ao mesmo tempo, tem cautela em sua busca por um novo zagueiro.

O técnico Fábio Carille deseja completar o elenco do Timão com um zagueiro em condições de brigar pela titularidade e fazer sombra a Pablo e Balbuena, e por isso o clube descartou nomes como Leandro Castán e o chileno Enzo Roco, que não tiveram grandes sequências de jogos na última temporada. Apesar da busca por um novo jogador da posição, o Corinthians tem confiança nos jovens Pedro Henrique e Léo Santos e não está disposto a investir por Anderson Martins, o que pode ser justamente o grande entrave.

Anderson pertencia ao Al-Jaish, do Qatar, mas seu clube se fundirá com o Umm Salal, onde ele jogou por empréstimo na última temporada. O excesso de estrangeiros na equipe devido à fusão tirou espaço do zagueiro, que pleiteia a rescisão do seu último ano de contrato com o "novo" clube. O problema é que o jogador ainda não tem garantias disso, já que a nova comissão técnica ainda não oficializou interesse de mantê-lo ou dispensá-lo. Caso a decisão seja pela liberação, ainda é necessário saber se o Umm Salal cobrará os valores relativos a este último ano de Anderson Martins ou não.

Está justamente neste imbróglio o grande entrave das conversas de Anderson Martins com qualquer clube brasileiro. Além do Corinthians, Vasco, Atlético-MG e Flamengo colheram informações com os representantes do zagueiro, mas nenhuma negociação pode avançar sem a definição da saída do Qatar.

Os empresários tratam o caso com cautela, dando tempo ao Umm Salal de resolver suas pendências e cientes de que a janela internacional de transferências só reabre em 20 de junho, e só a partir de então é que Anderson Martins poderia ser inscrito por um clube brasileiro. Mas, como disse o técnico corintiano Fábio Carille no último sábado, o interesse está vivo.

"Não foi um pedido meu, mas é um jogador que interessa e interessa bastante. Chegou a informação de que ele estaria se desligando do futebol árabe, do Qatar. Se isso acontecer, pode ter certeza que o Corinthians vai atrás", disse.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos