Cuca relaciona todo o elenco e diz que vai analisar parte física para escalar

Cuca não deu pistas da escalação do Palmeiras para o clássico contra o São Paulo, às 19h deste sábado, no Morumbi, mas todo o elenco está relacionado e a ideia é usar força máxima. Vai depender da parte física. No treino desta sexta-feira, por exemplo, Mina, Edu Dracena e Zé Roberto foram preservados.

- Hoje preservamos Zé, Edu e Mina. Temos todos convocados, todos relacionados. Amanhã a gente vê o que é melhor. Não temos ainda um time definido. Quando você joga na quarta e no sábado, não tem condição de fazer um treinamento, sob o risco de os caras cansarem. O treino nosso é interno, com imagem, ouvindo o jogador sobre como ele está. Amanhã a gente define - disse Cuca.

Se não puder contar com Mina ou Edu Dracena, Cuca deverá escalar Juninho na zaga. Se Zé Roberto ficar fora, o favorito para atuar pelo setor é Michel Bastos. Outras duas mudanças em relação à equipe que venceu o Tucumán no meio de semana devem ser as entradas de Felipe Melo, que cumpriu suspensão na Libertadores, e Willian. Sairiam Thiago Santos e Róger Guedes.

Dessa forma, o provável Palmeiras tem Fernando Prass, Jean, Mina, Edu Dracena (Juninho) e Zé Roberto (Michel Bastos); Felipe Melo e Tchê Tchê; Willian, Guerra e Dudu; Borja.

Sobre o tabu de 15 anos sem vencer o rival no Morumbi, o técnico não quis entrar em detalhes. A estratégia é tirar a pressão do grupo:

- Eu não mexo muito com isso de tabu, porque os jogadores estão aqui há um ano, dois, então o tabu deles é de um ano, dois. Esse tempo que não ganha tem que ser dividido com todos que já estiveram aqui. Você não tem que pegar esse peso. Ano passado quebramos muitos tabus com naturalidade, sem pressão nenhuma. Temos que pensar em fazer um bom jogo, não levar para esse lado de tabu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos