Goiás perde pênalti em jogo de duas expulsões e segue mal na Série B

Três jogos movimentaram a terceira rodada da Série B nesta sexta-feira. Campeão estadual há poucas semanas, o Goiás já tem uma partida a mais que os demais times, mas amargou seu quarto resultado negativo na competição e não passou de um empate em casa. O destaque positivo da noite foi o América-MG, que venceu sua primeira partida e afundou ainda mais o Criciúma na lanterna. Em Varginha, Boa Esporte e Oeste também não saíram da igualdade.

No primeiro jogo da noite, o América visitou o Criciúma no Heriberto Hülse. Melhor durante a maior parte do jogo, o Coelho ainda saiu atrás após a arbitragem marcar um pênalti que Zé Roberto converteu no início do segundo tempo. Mas faltando 15 minutos para o fim, o time mineiro empatou com Ruy, virou com Renan Oliveira e fechou a conta com Bill, de pênalti. 3 a 1 placar final.

Mais tarde, o Boa Esporte recebeu o Oeste e fez um bom primeiro tempo, abrindo vantagem com Rodolfo. Porém, o técnico Roberto Cavalo lançou três estreantes no segundo tempo (Danielzinho, Guilherme Romão e Kesley) e viu suas mexidas surtirem efeito. Mazinho empatou e deixou tudo igual. 1 a 1.

Fechando a noite, o Goiás não passou do empate com o Brasil de Pelotas em uma partida pra lá de elétrica. Alex Alves marcou para o esmeraldino, mas Bruno Lopes empatou para os gaúchos na saída de bola. Tudo isso antes dos cinco minutos. Aos 22, Léo Gamalho ainda perdeu um pênalti para os anfitriões. A partida seguiu sem mais gols, mas ainda teve duas expulsões, uma para cada lado (Jean Carlos para o Goiás e Teco para o Brasil). Com o empate, as equipes somaram o segundo ponto na competição.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos