Grêmio se distancia da contratação de Musto, garante dirigente

Alvo do Grêmio desde a ida de Walace para o Hamburgo - ALE, em janeiro, o volante argentino Damían Musto, do Rosario Central (ARG) está mais distante do Tricolor Gaúcho. É o que garante o Vice-Presidente de Futebol, Odorico Roman. Ele destacou que o setor não é o mais carente de reforços no momento. Isso porque desde então o clube trouxe Michel e ainda promoveu Arthur aos profissionais.

Musto e Grêmio até chegaram a um acordo, mas o clube argentino só aceita liberá-lo por US$ 1,5 milhão (cerca de R$ 4,6 milhões), valor considerado alto pela diretoria.

- O Grêmio aguardou até o último instante das inscrições para a Libertadores para trazer o Musto. Não foi possível. Hoje, estamos avaliando que posições nós podemos trazer alguém que faz a diferença. Posso dizer que volante não seja exatamente a posição que precisamos. O Arthur e o Michel estão muito bem, temos o Jailson, o Maicon vai voltar. Volante não é a posição mais carente do time. A saída do Walace trouxe essa percepção, mas estamos bem servidos - comentou Odorico Roman após a vitória de 4 a 0 sobre o Zamora (VEN), na última quinta-feira, pela última rodada da Libertadores.

O dirigente manteve a mesma postura ao ser questionado sobre a necessidade da contratação de um lateral-esquerdo. No momento, o Grêmio conta só com Marcelo Oliveira, machucado, e Cortez.

- Nós não temos, na nossa avaliação, a necessidade premente de ter um lateral-esquerdo. É possível suprir ausências com o que temos. Temos jogadores avaliados e com condições de trazer se houver uma emergência. Mas não estamos assim buscando um lateral-esquerdo neste momento - completou o dirigente.

Roman também deixou no ar a possibilidade do Grêmio investir num time misto diante do Sport, no próximo domingo, às 18h, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro, competição que os gaúchos lideram com seis pontos. Na próxima quarta-feira, porém, o time de Renato Portaluppi visita o Fluminense pela volta das oitavas de final da Copa do Brasil:

- Todos queremos ganhar todas as competições, mas é claro que isso não é possível. Vamos trabalhar o curto prazo, o Sport e a decisão com o Fluminense. Esses dois jogos vão ser analisados em conjunto. Aqueles jogadores com condição de fazer um bom jogo contra o Sport, e que também possam atuar contra o Fluminense, que é um jogo eliminatório, vão jogar. É preciso fazer essa avaliação. O Grêmio, na Copa do Brasil, estaria a sete jogos de ser campeão - finalizou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos