Com Caldeirão lotado, Vasco vence o Flu com gol de Nenê nos acréscimos

Com São Januário lotado, Vasco e Fluminense fizeram um clássico eletrizante, na tarde deste sábado, pelo Brasileirão, que teve a redenção de Nenê e vitória vascaína por 3 a 2. Empurrado pela torcida, o Cruz-maltino abriu o placar

com Luis Fabiano, levou a virada no segundo tempo com gols de Dourado de pênalti, mas teve forças para buscar os três pontos. Manga empatou e Nenê, que teve o nome cantado pelos torcedores mesmo no banco, entrou e garantiu

o trinfo nos acréscimos.

A partida começou morna, com as duas equipes se estudando. Empurrado pela torcida, o Vasco foi melhorando e ocupando mais o campo de ataque. O Cruz-Maltino foi o primeiro a assustar, com dois chutes de fora da área de Jean, que Cavalieri defendeu sem dificuldades.

Apesar do bom gramado, as equipes erraram muitos passes na primeira etapa. O Tricolor tinha dificuldades em criar jogadas e buscava muito sair pelo lado esquerdo, acionando Richarlison. No entanto, o time de Milton Mendes marcava bem essa arma do adversário.

Melhor na partida, o Vasco chegou ao gol aos 25 minutos. Yago Pikachu pegou sobra de cruzamento pela esquerda e cruzou para Luis Fabiano. O centroavante subiu mais do que a defesa e cabeceou para o fundo da rede e abrir o placar.

Animado com o gol, o Cruz-Maltino ensaiou uma pressão. O Fabuloso teve mais uma chance na área, mas foi travado. O Flu só ameaçou em bola parada. A primeira com Scarpa que Martin defendeu e outra com Nogueira. O zagueiro aproveitou cobrança de escanteio e mandou na trave.

O Cruz-Maltino começou o segundo tempo no ataque. No entanto, foi o Flu que chegou ao empate. A bola bateu no braço de Jean e o árbitro marcou pênalti. Henrique Dourado bateu com categoria e marcou, aos 13 minutos.

O Tricolor virou seis minutos depois da mesma forma. Gilberto derrubou Richarlison dentro da área. Na penalidade, Dourado deslocou Martin Silva e anotou o segundo gol.

Milton colocou em campo Nenê e Manga. E foi com essas mexidas que o Vasco chegou a virada. Aos 29, o colombiano recebeu pelo lado esquerdo, limpou a marcação e bateu no canto de Cavalieri. O gol da vitória veio nos acréscimos. Nenê aproveitou bola de Manga pela esquerda da área e chutou forte no cantinho, aos 48 minutos, para a festa na Colina.

FICHA TÉCNICA

VASCO 3 X 2 FLUMINENSE

Estádio: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)

Data/hora: 27/5/2017 - 16h (de Brasília)

Árbitro: Raphael Claus (SP)

Auxiliares: Alex Ang Ribeiro (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP)

Renda/público:

Cartões amarelos: Luis Fabiano, Jean (VAS), Douglas, Marquinho (FLU)

Cartão vermelho:

GOLS: Luis Fabiano 25'/1ºT (1-0), Henrique Dourado 13'/2ºT (1-1) e aos 19'/2ºT (1-2), Manga 29'/2ºT (2-2) e Nenê 48'/2ºT (2-3)

VASCO: Martín Silva; Gilberto, Paulão, Breno e Henrique; Jean, Douglas, Mateus Vital (Muriqui) e Yago Pikachu (Nenê); Kelvin (Manga) e Luis Fabiano - Técnico: Milton Mendes

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Lucas, Henrique, Nogueira e Léo; Orejuela, Wendel, Douglas (Marcos Junior) e Gustavo Scarpa (Marquinho); Richarlison (Maranhão) e Henrique Dourado - Técnico: Abel Braga

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos