Milton minimiza problema com ônibus do Vasco: 'Coisa que acontece'

Um fato inusitado ocorreu com a delegação vascaína antes do clássico contra o Fluminense, neste sábado. O ônibus que levava os cruz-maltinos do hotel em que eles estavam concentrados até São Januário enguiçou quando estava na entrada da Linha Amarela, em frente ao Barra Music, na altura do Gardênia Azul. Os jogadores e comissão técnica tiveram que pegar táxis para não se atrasarem. O técnico Milton Mendes disse que agora acha graça da situação, mas conta que o momento deu uma certa apreensão. No entanto, ele minimizou o fato e disse que o importante foi a vitória da equipe.

- Agora é engraçado, mas naquele momento me passou tantas coisas na cabeça. São coisas que acontecem, o ser humano erra, as máquinas quebram. Não temos que colocar culpa em ninguém, ficar julgando. É um dia especial, saímos ganhando - comentou o treinador.

Por conta do incidente, jogadores e membros da comissão técnica se dividiram em sete táxis. O Grupamento Especial de Policiamento em Estádios (GEPE), que fazia a escolta do ônibus, ajudou os veículos no percurso até o estádio.

Todos chegaram ao estádio por volta das 15h, em cima da hora para o aquecimento. O ônibus chegou vazio na Colina Histórica pouco tempo depois.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos