Derrota faz Santos igualar marca negativa de 2014 na Vila Belmiro

Em tempo em que o coro pelo Pacaembu cresce a cada dia entre santistas, a Vila Belmiro vai perdendo o rótulo de Alçapão, palavra usava por torcedores para exaltar a fama de estádio temido pelos adversários. Com o revés por 1 a 0 para o Cruzeiro, no último domingo, o Santos igualou uma marca negativa em casa: a de quatro derrotas na temporada.

O número havia sido alcançado em 2014, ano tenso para o clube, que terminou o Brasileirão na 9ª colocação e foi vice-campeão paulista. Naquela temporada, Corinthians, Fluminense, Internacional e Cruzeiro venceram na Vila Belmiro.

O time alvinegro ainda teve duas derrotas como mandante naquele ano, contra São Paulo e Atlético-MG, também no Brasileirão, porém, essas partidas aconteceram na Arena Pantanal, em Cuiabá, já que o clube havia vendido o mando para empresas de eventos.

Em 2017, as quatro derrotas aconteceram até maio. Além do Cruzeiro, pelo Brasileirão, o Santos foi derrotado para São Paulo, Ferroviária e Palmeiras, pelo Paulistão. No total, já são 11 jogos no Estádio Urbano Caldeira na temporada, com sete vitórias e quatro derrotas, contabilizando um aproveitamento de 63% em casa.

O maior número de derrotas sofridas na Vila Belmiro na história recente do clube aconteceu em 2011, ano em que foi campeão da Libertadores. Grêmio, Figueirense, Coritiba, Flamengo e Palmeiras foram os algozes naquela temporada.

Invicto na Libertadores, o Santos já decidiu que vai mandar o jogo da volta das oitavas de final na Vila Belmiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos