Pai diz que Gabigol quer ficar na Inter: "Apaixonado pela torcida"

  • Divulgação

Com pouco espaço, o atacante Gabigol tem seu futuro incerto na Inter de Milão. O brasileiro não foi aproveitado na equipe italiana pelos técnicos Frank de Boer, Stefano Pioli e o interino Stefano Vecchi, e pode sair. Contudo, de acordo com o pai do jogador, Valdemir, ele quer continuar na Itália.

"Gabriel está de férias, mas asseguro que a intenção dele é de ficar na Inter já que ele tem a grande possibilidade de demonstrar o valor dele na Itália. Ele está apaixonado pela torcida da Inter, que sempre o exaltou", disse, ao canal "Premier Sport".

Em sua primeira temporada na Inter de Milão, Gabigol atuou em apenas dez jogos, com um gol marcado. E colecionou algumas polêmicas. A última delas pela 37ª rodada do Campeonato Italiano, quando viu o técnico Stefano Vecchi realizar a última alteração e não o chamar para entrar na partida. O brasileiro abandonou o banco de reservas antes do término do duelo contra a Lazio. Na última rodada, ele não foi relacionado e acabou sofrendo pesadas críticas.

"Nas últimas horas, vão surgir rumores de uma venda ao exterior, mas parece claro que a vontade dele é de se impor na Inter, já que vai ter compreendido 100% o mecanismo do futebol italiano".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos