Wagner Ribeiro é condenado a cinco anos de prisão pela Justiça Federal de São Paulo

Segundo informações do site uol, o empresário Wagner Ribeiro foi julgado e condenado a cinco anos e quatro meses de prisão pela Justiça Federal de São Paulo. Segundo o Ministério Público Federal, Wagner recebeu, entre 2002 e 2005, R$4,3 milhões, tendo declarado apenas R$580 mil. A decisão foi tomada pelo juíz Márcio Assad Guardia.

A pena foi considerada não só pela sonegação, mas pelo comportamento do empresário, que, segundo Guardia, instiga "publicamente que outras pessoas, com imensurável capacidade contributiva, comportem-se de forma idêntica". Isso se refere às declarações de Wagner a respeito de quando a Justiça bloqueou os R$188 milhões de Neymar.

A decisão cabe recurso e o empresário, que já disse que irá recorrer, vai responder em liberdade. No entanto, Wagner está proibido de deixar o país, tendo que deixar seu passaporte nas mãos da Justiça Federal.

Além de Neymar, Wagner Ribeiro já foi também empresário do atacante Robinho. Atualmente, tem clientes como Lucas Moura (PSGP,Lucas Lima (Santos), Gabigol (Inter de Milão) e Vinícius Jr. (Flamengo).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos