Contra crimes na base, Corinthians faz campanha e cobra por denúncias

O Corinthians está em campanha contra os crimes de estelionato em suas categorias de base e já realizou duas ações nas últimas semanas para diminuir a prática e incentivar as denúncias, que foram frequentes ao longo do último ano. Em 15 de maio, o clube emitiu um comunicado oficial sobre "escalação/contratação mediante a pagamento para terceiros", e usou o texto desta nota para produzir cartazes que foram afixados no Parque São Jorge, local de treinamento e discussão de contrato dos jovens jogadores.

"O Centro de Excelência em Formação de Atletas do Sport Club Corinthians Paulista esclarece para seus jogadores (de qualquer categoria), pais ou responsáveis que o pagamento a qualquer pessoa que prometa a escalação e/ou a contratação de atletas não deve ser feito sob hipótese alguma. O clube NÃO APROVA este procedimento, que se constituiu como crime de estelionato. O Corinthians também não cobra qualquer valor em peneiras e avaliações. Este comunicado não é válido para o Chute Inicial, escolas de futebol licenciadas pelo Corinthians. DENUNCIE: (11) 2095-3104", diz a nota e o cartaz do Timão.

Ano passado, dois casos chamaram atenção no Corinthians. No primeiro, um empresário norte-americano denunciou ter pagado a dirigentes e conselheiro do Corinthians pela compra dos direitos econômicos do jovem meia-atacante Alyson, mas nunca recebeu o direito. No segundo caso, um jogador mal avaliado pela comissão técnica foi contratado pela base do Timão simplesmente por conta da indicação de um conselheiro influente, mesmo sem os recursos técnicos esperados para a categoria. Nos dois casos, a apuração do Conselho Deliberativo do Corinthians não rendeu resultados concretos.

Eleito como presidente do Corinthians em fevereiro de 2015, Roberto de Andrade já trocou todo o comando da base duas vezes. José Onofre de Souza Almeida saiu para a entrada de Fausto Bittar Filho, que pouco depois saiu para entrar Carlos Nujud, em março deste ano.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos