Prestes a se reencontrar em Flamengo e Botafogo, técnicos enfrentam panoramas diferentes

Quando a bola rolar para Flamengo e Botafogo, neste domingo, às 11h, o Raulino de Oliveira abrigará um confronto de técnicos jovens que passam por situações curiosas em seus respectivos clubes. Após assumirem os comandos das equipes no meio de 2016, Zé Ricardo e Jair Ventura se firmaram e tiveram boas campanhas mas, mesmo com o comandante rubro-negro já tendo um Carioca no currículo, o técnico botafoguense tem muito mais crédito.

Zé Ricardo tem 71 jogos desde que assumiu o Flamengo. Traz 40 vitórias, 19 empates e 12 derrotas à frente da equipe. Enquanto isto, Jair Ventura soma 52 jogos, 28 vitórias, oito empates e 16 derrotas.

Aos olhos do comentarista do Esporte Interativo, Mauro Beting, a pressão sobre Zé Ricardo tem muito a ver com o que se espera do Flamengo para 2017.

- A pressão sobre Zé Ricardo é maior pela expectativa em torno do Flamengo nos últimos tempos. Pelo tamanho do elenco, pelo tamanho da equipe, o Rubro-Negro tem sido visto como a equipe que disputaria o título em todas as competições. Enquanto isto, Jair Ventura assumiu um Botafogo que lutava contra o rebaixamento, no qual poucos apostavam, foi para cima e surpreendentemente se virou muito bem, levando a equipe a uma Copa Libertadores.

Beting exalta a maneira como cada um soube lidar com a característica dos respectivos elencos que têm a mão:

- Embora sejam jovens e com ideias distintas, Zé Ricardo e Jair Ventura souberam se adequar para a maneira como está cada equipe. Zé costuma optar por um Flamengo mais ofensivo, enquanto Jair, pelas limitações do elenco, opta pela formação mais conservadora.

Editor e blogueiro do LANCE!, Eduardo Mansell vê Jair Ventura com uma leve vantagem sobre o técnico adversário de domingo:

- O controle do elenco no meu entender é a principal vantagem de Jair Ventura em relação a Zé Ricardo. O torcedor do Botafogo parece confiar plenamente em seu treinador porque entende que ele consegue tirar leite de pedra. Já Zé Ricardo tem um elenco muito mais caro e qualificado. Mas não conseguiu transformar isso em coisas boas, pelo menos não no nível de satisfação esperado pelos flamenguistas. A eliminação na Libertadores jamais seria amenizada por uma conquista estadual.

Resta saber quem sairá vencedor neste novo embate entre Zé Ricardo e Jair Ventura.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos