Roger espera 'novo ciclo', após dar fim ao jejum de dois meses sem gols

O Botafogo contratou Roger para ser o camisa 9 desta temporada e o atacante sempre contou com a confiança da comissão técnica. Mas é fato que a instabilidade é uma companheira inseparável do atacante. Por isso mesmo, o belo gol marcado pelo centroavante contra o Sport, nesta quarta-feira, na partida que garantiu a classificação às quartas de final da Copa do Brasil, aliviou o jogador.

- Estou muito feliz, grato a Deus. Realmente, estava me sentindo mal com a falta de gols. Feliz com as vitórias da equipe, mas triste com a falta de gols - admite o atacante.

O descarte de Sassá deixou Roger praticamente sem concorrente - há outras opções que não contam com tanta confiança da comissão técnica. Não é novidade a busca da diretoria alvinegra por um outro jogador para a posição. Assim, voltar a fazer gol após mais de dois meses deu esperança ao titular.

- Acredito que inicia-se um novo ciclo para jogar mais leve - desabafou.

Roger tem 22 jogos e seis gols na temporada. Mesmo nos momentos de baixa, quase sempre foi titular, e assim deve continuar contra o Flamengo, neste domingo. Se não conseguir fazer mais gols, ele espera o sucesso coletivo por meio de êxito de companheiros de equipe.

- Isso que faz o grupo vitorioso. Esse empenho na marcação e dedicação para correr atrás também. A vitória é de todos e isso que tem feito a diferença. Temos tudo para conquistar algo importante no ano - confia.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos