Sem espaço no Santos, Rodrigão afirma: "Preciso pensar mais em mim"

  • FLAVIO HOPP/RAW IMAGE/ESTADÃO CONTEÚDO

Depois de passar por problemas de saúde, Rodrigão perdeu espaço no Santos. Porém, antes da falta de sequência de jogos, o atacante conquistou a artilharia santista e encheu os olhos de Vitória e Grêmio, clubes que o sondaram, no início da temporada.

Em entrevista ao LANCE!, o autor de quatro gols no ano demonstrou felicidade ao saber que clubes da série A valorizam o seu trabalho e ressaltou que precisa pensar mais em si mesmo e em sua carreira, já que a última vez que atuou foi contra o Palmeiras em que o Peixe perdeu por 2 a 1, no Paulista, no dia 19 de março.

"Fico feliz em saber que outros clubes estão interessados no meu futebol porque isso é sinal que venho fazendo um bom trabalho. Sou muito grato ao Santos, mas também preciso pensar um pouco em mim e na minha carreira. Sou um cara novo e quero jogar, como todo atleta", explicou.

Com quatro gols na temporada em sete jogos, Rodrigão iguala números de atletas importantes, como o capitão Ricardo Oliveira e Kayke, seu principal concorrente. Além disso, os superam em média, já que o Pastor marcou em 15 partidas.

"O Dorival é um cara bacana e já conversamos sobre a minha situação. Ele foi sincero, falou sobre as preferências dele e eu também pude dar a minha opinião. Entre nós dois não existe nenhum problema", frisou.

No entanto, o Santos não está disposto a liberar Rodrigão por empréstimo. Uma solução possível seria negociá-lo com uma equipe estrangeira, que estivesse disposta a comprá-lo.

Artilheiro do Brasil em ação pelo Campinense, o atleta custou custou R$ 1,5 milhões aos cofres do Santos e tem vínculo até maio de 2021.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos