'Ainda vai melhorar': Carille manda recado após volta do Timão à ponta

- Eu sempre deixei claro que o time ainda tem muito a melhorar, e vai melhorar.

Há seis meses no comando do Corinthians, Fábio Carille já acumula marcas positivas: 23 vitórias, 14 empates e somente seis derrotas em 43 partidas, com 51 gols feitos, 27 sofridos e 64% de aproveitamento. Neste sábado, ele ampliou cada uma dessas estatísticas na vitória por 2 a 0 contra o Santos, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, resultado que recolocou o Timão na liderança da competição, à espera do jogo da Chapecoense neste domingo.

Depois de um empate em 1 a 1 com a própria Chape em casa e duas vitórias simples contra Vitória e Atlético-GO, o Corinthians voltou a vencer por mais de um gol de diferença. Questionado nos últimos dias sobre as vitórias por 1 a 0 das rodadas anteriores, o comandante disse que pés no chão são a receita de sua equipe aolongo da temporada.

- Eu não estava preocupado com vitórias por 1 a 0. Eu fico preocupado quando a equipe não cria. Eu quero uma equipe que finalize mais e chegue muito mais no gol do adversário. Ainda vamos melhorar. Com o meu grupo é pés no chão, trabalho e humildade. Jô pediu para falar após o jogo e pediu todo mundo com os pés no chão. É difícil falar o que pensam os outros, mas estamos passando a ideia de que será difícil jogar contra o Corinthians - disse o treinador, satisfeito com a evolução do ataque.

- Já fizemos alguns jogos na primeira parte do ano com resposta legal, mas sabíamos que precisava melhorar. Tirando o jogo da Chapecoense, jogamos e criamos para fazer mais nos últimos jogos. O objetivo é de melhora contínua.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos