Guerra treina no campo, e Palmeiras deve ter novidades contra o Atlético-MG

  • Divulgação/Palmeiras

A escalação do Palmeiras para o jogo contra o Atlético-MG, às 16h deste domingo, no Allianz Parque, está repleta de incógnitas. Uma delas é sobre a presença do meia Alejandro Guerra, antes considerada improvável devido à lesão na panturrilha que o tirou do jogo contra o Internacional. Mas o venezuelano trabalhou com bola no treino fechado deste sábado e tem chance de atuar.

Dudu, por sua vez, segue em tratamento de lesão que leve no adutor da coxa esquerda e não poderá jogar. Em seu lugar entrará Keno.

O time deve ter algumas mudanças por opção tática de Cuca. Há chance, por exemplo, de Felipe Melo ficar no banco de reservas. Neste caso, o técnico poderia formar um meio de campo sem um volante fixo, como costumava fazer nos jogos em casa de 2016, com Tchê Tchê, Jean (Raphael Veiga) e Guerra. Se a opção for por seguir utilizando um volante de marcação, mas com outras características, Thiago Santos entra no lugar do camisa 30.

Uma possível formação tem Fernando Prass, Mayke (Fabiano), Mina, Edu Dracena e Zé Roberto; Tchê Tchê, Jean (Raphael Veiga) e Guerra; Róger Guedes, Keno e Willian.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos