Real de Itaquera! Cristiano 'Jônaldo' marca, e Corinthians supera o Santos

A tarde foi de Liga dos Campeões da Europa e brilho de Cristiano Ronaldo, mas a noite de sábado foi mesmo é do Cristiano "Jônaldo". Com a 7 do Corinthians às costas, Jô fez um dos gols da vitória por 2 a 0 para cima do Santos, em segundo tempo de ampla superioridade na Arena de Itaquera. Invicto em clássicos na temporada, o Timão alcança a liderança do Campeonato Brasileiro e afunda o rival na tabela de classificação após quatro rodadas.

O clássico começou bem, com os dois times procurando o ataque. E foi de um erro de Pablo, um dos poucos em campo que já atuou na Europa, que nasceu a primeira chance: após o camisa 3 furar na tentativa de corte de um cruzamento, a bola sobrou para Bruno Henrique. Quase distraído, o santista ex-Wolfsburg viu seu gol ser evitado pelo jovem Pedro Henrique. No lance seguinte, foi a vez de David Braz barrar o contra-ataque puxado por uma tabela de Gabriel e Romero. Não era hora de gol.

De modo geral, o primeiro tempo foi equilibrado. O Santos começou com maior controle de bola, mas o Corinthians logo equilibrou e tentou buscar o ataque. Cada time teve uma chance valiosa nos minutos seguintes: chute de Rodriguinho após passe de Fagner que foi lindamente interceptado pelo goleiro Vanderlei, uma espécie de Navas brasileiro, e depois um voleio de Victor Ferraz após cruzamento de Copete que passou por cima da meta de Cássio, um Buffon dos trópicos.

Apesar de ameaçar pouco, o Corinthians passa em todo jogo uma impressão que se confirma, uma espécie de conceito europeu: não ameaça tanto, mas é objetivo e pode resolver a qualquer momento. Foram duas situações assim no segundo tempo, em dois gols anulados logo no início: aos 11, Rodriguinho marcou em posição irregular, e aos 16 a arbitragem viu Romero impedido atrapalhando o goleiro Vanderlei durante cabeceio de Pedro Henrique. Especialmente no segundo lance, muita polêmica em relação à marcação discutível.

O Corinthians precisou fazer três para valer um. Aos 24 minutos, Fagner mandou na área, Jô desviou e Romero completou com maestria. Agora valeu! Somente cinco minutos depois, a superioridade se confirmou pelos pés de Jô: Jadson mandou na área, Rodriguinho ajeitou e Jô dominou, girou no ar e bateu colocado. Um golaço do camisa 7 corintiano, que marcou em todos os clássicos da temporada.

Os minutos finais foram de expulsão de Bruno Henrique, paralisação por uso de sinalizadores, mudanças lado a lado e nada de gols. Na noite de Brasileirão, o Real Madrid da vez foi o Corinthians.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 2 X 0 SANTOS

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)

Data/Hora: 3/6/2017 (sábado), às 19h

Árbitro: Anderson Daronco (Fifa-RS)

Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS)

Renda e público: 40.169 pagantes / R$ 2.110.601,50

Cartões amarelos: Vitor Bueno (SAN)

Cartões vermelhos: Bruno Henrique (SAN)

Gols: Romero, aos 24'/2ºT (1-0); Jô, aos 29'/2ºT (2-0)

CORINTHIANS: Cássio, Fagner, Pedro Henrique, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon (Camacho - 4'/2ºT); Jadson (Clayson - 31'/2ºT), Rodriguinho (Fellipe Bastos - 39'/2ºT) e Romero; Jô. Técnico: Fábio Carille.

SANTOS: Vanderlei, Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz (Yuri - 29'/2ºT) e Copete; Renato, Thiago Maia e Vladimir Hernández (Rafael Longuine - 18'/2ºT); Vitor Bueno, Bruno Henrique e Ricardo Oliveira (Rodrigão - 29'/2ºT). Técnico: Dorival Júnior.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos