Chapecoense vence Cruzeiro dentro do Mineirão e recupera a liderança

A Chapecoense está de volta à liderança do Campeonato Brasileiro. Nesta noite de domingo, o time catarinense visitou o Cruzeiro e venceu por 2 a 0 dentro do Mineirão. Os gols da partida foram marcados por Wellington Paulista, no primeiro tempo, e Douglas Grolli, na etapa final.

Com o resultado, a Chape foi aos dez pontos e superou o Corinthians no saldo de gols. Já o Cruzeiro caiu para o oitavo lugar e permanece com sete pontos.

O jogo

Apesar de ter ficado mais com a bola durante a etapa inicial, o Cruzeiro não conseguiu transformar a posse em domínio e chances reais de gol. Com Thiago Neves apagado e seus companheiros de ataque encontrando dificuldades para encontrar espaços, a equipe celeste mal ameaçou a meta de Jandrei. Do outro lado, a Chapecoense mostrou-se mais perigosa em suas ações, principalmente quando atacava com Rossi e Apodi, pelo lado direito. Contudo, foi do lado esquerdo que a Chape inaugurou o marcador. Após a batida de lateral, Seijas colocou a bola na cabeça de Wellington Paulista, que testou firma para marcar.

Banho de água fria garante vitória da Chape

Com duas mudanças, o Cruzeiro voltou para o segundo tempo disposto a empatar a partida. Porém, a equipe voltou a sucumbir logo no primeiro minuto de jogo. Luiz Antonio cobrou um escanteio curto e rasteiro, Douglas Grolli se antecipou a Fábio e tocou de leve para fazer o segundo. 2 a 0.

Insatisfeita com o time, a torcida do Cruzeiro pediu a entrada de Robinho e foi atendida. Com o jogador, o time voltou a mostrar força em seu ataque, mas seguiu esbarrando na forte marcação da Chape. Com exceção de um ou outro lance, o time celeste não mais conseguiu ameaçar a meta catarinense.

CRUZEIRO 0x2 CHAPECOENSE

Motivo: 4ª rodada, Brasileirão 2017

Data/Hora: 04/06/2017, às 19h

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Árbitro: Claudio Francisco Lima (SE)

Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Fabio Pereira (TO)

GOLS: Wellington Paulista, 26'1ºT (0-1); Douglas Grolli, 1'2ºT (0-2)

Cartões amarelos: Rossi, Victor Ramos, Osman (CHA)

Cartão vermelho: Não teve.

Público/Renda: 13.371 pagantes/16.591 presentes/R$249.694,00.

CRUZEIRO: Fábio; Hudson (Lennon - Intervalo), Kunty Caicedo, Léo e Diogo Barbosa; Henrique, Ariel Cabral (Robinho - 16'2ºT); Thiago Neves, Rafinha (Ramón Ábila - Intervalo), Alisson; Rafael Marques. Técnico: Mano Menezes.

CHAPECOENSE: Jandrei, Apodi, Douglas Grolli, Victor Ramos e Reinaldo; Luiz Antônio, Andrei Girotto e Seijas (Madson - 22'2ºT); Rossi, Wellington Paulista (Túlio de Melo - 41'2ºT) e Arthur (Osman - 33'2ºT). Treinador: Vagner Mancini.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos