Cuca discorda de vaias, elogia time e diz estar resgatando estilo de jogo

Muitos dos 34 mil torcedores que foram ao Allianz Parque neste domingo vaiaram o Palmeiras após o empate sem gols com o Atlético-MG. Cuca, no entanto, deixou o estádio satisfeito com a atuação de sua equipe e convicto de que está começando a aplicar seu estilo de jogo preferido.

- Estamos resgatando o nosso estilo de jogo, e hoje apareceu muito esse estilo. Não ficamos felizes pelo resultado, mas não temos do que nos queixar da atuação da equipe. O Atlético deu o primeiro chute no gol aos 29 do segundo tempo. Aos 35, perdemos a intensidade e sofremos um pouco - analisou.

Cuca fez cinco mudanças em relação à equipe que enfrentou o Inter na quarta-feira. A principal delas foi a saída de Felipe Melo, por opção, para a entrada de Thiago Santos. Nas laterais, o técnico optou por opções mais ofensivas: Mayke e Egídio nas vagas de Fabiano e Zé Roberto. Além disso, Guerra voltou na vaga de Jean, machucado, e Keno substituiu Dudu, também vetado pelos médicos.

- Acho que o Palmeiras jogou muito bem. Na primeira etapa comandou o jogo e foi infeliz no lance final, perdemos até uma penalidade máxima (Victor defendeu a cobrança de Willian). Esse tipo de lance te dá a vantagem, joga para o adversário o peso de sair para o jogo, e você fica com o contra-ataque. Quando não é convertido, é natural ter uma dificuldade de assimilar, até porque é o segundo que a gente perde (Jean perdeu contra o São Paulo). Foi mérito do Victor, não acho que ele bateu mais. Aliás achei que o Victor foi um dos melhores, se não o melhor, pegou bolas incríveis - disse Cuca.

- Vocês viram o jogo, viram que jogamos com uma das grandes equipes do campeonato, e mandamos no jogo. Criamos diversas oportunidades, fomos super organizados, não cedemos contra-ataques. Se sai 1 a 0, estava todo mundo feliz, "pronto, o Palmeiras está bem de novo". É o detalhe de não ter vencido. Se viesse de um sequência de vitórias, você seria aplaudido. Como não, você sai vaiado. Não concordo, mas entendo o torcedor. Eles sabem que a gente está buscando um caminho - completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos