Vasco comete erros sucessivos e não evita derrota para o Grêmio no Sul

Na tarde deste domingo, em Porto Alegre, o Vasco foi derrotado pelo Grêmio por 2 a 0 pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Em um jogo que o Cruz-Maltino tinha condições de sair com um resultado melhor, o técnico Milton Mendes cometeu erros na escalação que atrapalharam o planejamento - ele até chegou a ser expulso no fim.

A estratégia de Milton Mendes foi colocar um Vasco mais recuado, tentando aproveitar os espaços cedidos pelo Grêmio em Porto Alegre. Luis Fabiano foi poupado e Wellington teve a estreia. Mas a expectativa de dar certo não funcionou em nenhum aspecto desde os minutos iniciais do jogo na Arena do Grêmio.

No lugar de Luis Fabiano, a opção de Milton Mendes foi colocar Kelvin com a função de 9. O substituto de Fabuloso, entretanto, não acertava nada que tentava. A escolha de Manga como titular foi uma das únicas acertadas para este jogo, dando uma velocidade nas jogadas de contra-ataque, sobressaindo o setor ofensivo.

O Grêmio de Renato Gaúcho soube aproveitar o que um frágil Vasco proporcinou. Goleiro cruz-maltino, Martin Silva teve trabalho para segurar os gaúchos ao lado dos companheiros de defesa. O ataque carioca não funcionava, mas ao menos o empate sem gols era segurado.

Isso mudou aos 36 minutos, quando Wellington derrubou Geromel e o árbitro assinalou o pênalti para o Grêmio. A marcação foi duvidosa, mas não tira o fato de o estreante do Vasco ter tido uma tarde quase sem acertos. Barrios, no minuto seguinte, cobrou com força no meio do gol e colocou o Grêmio na frente.

Para o segundo tempo, Milton Mendes já voltou errado com o Vasco. Sacou Manga da equipe, um dos melhores do primeiro tempo, para colocar Thalles, que não jogava desde o Campeonato Carioca. Isso deixou o Cruz-Maltino mais lento, perdendo o pouco da velocidade no ataque. Ainda tirou Mateus da equipe, outro que estava bem, e colocou Guilherme. De novo não funcionou.

O jogo seguiu com o Grêmio com mais facilidade de fazer o segundo do que o Vasco de empatar. E isso acabou acontecendo aos 47 minutos do segundo tempo. Luan aproveitou cruzamento e fez o segundo, garantindo os três pontos em casa.

Para quarta-feira, em São Januário, diante do Corinthians, Milton Mendes tem de rever os seus conceitos. Diante do Grêmio nada serviu.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 2 X 0 VASCO

Estádio: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Data/hora: 4/6/2017 - 16h (de Brasília)

Árbitro: Sandro Meira Ricci (SC)

Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (SP)

Renda/público: R$ 782.574,00/22.579 pagantes

Cartões amarelos: Barrios, Cortez (GRE) e Gilberto, Wellington, Nenê (VAS)

GOLS: Barrios 37'/1ºT (1-0) e Luan 47'/2ºT (2-0)

GRÊMIO: Marcelo Grohe, Léo Moura, Geromel, Kannemann e Cortez; Arthur (Fernandez 39'/2ºT), Michel, Ramiro (Edison 36'/2ºT), Luan e Pedro Rocha; Barrios (Maicon 32'/2ºT). Técnico: Renato Gaúcho.

VASCO: Martin Silva; Gilberto, Paulão, Breno e Henrique; Jean (Nenê 20'/2ºT), Wellington, Douglas, Mateus Vital (Guilherme 15'/2ºT) e Manga (Thalles intervalo); Kelvin. Técnico: Milton Mendes.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos