Rodriguinho afirma que quer criar dúvida em Tite para grupo da Copa

Vivendo grande momento no Corinthians, Rodriguinho foi convocado por Tite para a Seleção Brasileira caso Renato Augusto, retornando de lesão, não tivesse condições de atuar. Com o corte de Lucas Lima, porém, ele se tornou reserva imediato na posição e viu as chances de entrar em campo aumentarem.

Em entrevista coletiva nesta terça-feira, em Melbourne, na Austrália, o meia afirmou que o grupo que deve ir para a Copa do Mundo da Rússia, em 2018, está quase definido, mas corre contra o tempo para entrar nas vagas restantes.

- O que faz chegar à Seleção é o momento no clube, é por isso que estou aqui. O Tite tem o grupo quase todo definido, mas tenho essa oportunidade de poder deixar dúvidas se tenho merecimento e condições de estar na Copa, como todos os outros aqui - destacou.

Treinado por Tite em 2015, o jogador foi questionado se acredita que teria vaga na seleção se não fosse pelo comandante. Segundo Rodriguinho, apesar da proximidade com o técnico, foi seu rendimento que o levou para o time.

- É uma pergunta difícil, mas como ele é o treinador que tem o maior respaldo do Brasil hoje, está fazendo um excelente trabalho e sempre falou de merecimento, acho que estou aqui por méritos. Ele que me levou para o Corinthians, sabe muito bem meu trabalho e o momento que estou vivendo. Por merecimento ele me convocou e espero contribuir da melhor maneira possível para permanecer aqui.

Na próxima sexta-feira, o Brasil faz clássico contra a Argentina no Melbourne Cricket Ground, às 7h05 (de Brasília). Já na terça-feira, a seleção encara a Austrália no mesmo local e horário.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos