Ex-lateral de Botafogo e Fluminense, Cacá morre aos 84 anos

  • Divulgação/Botafogo

O futebol carioca está de luto. O ex-lateral Cacá, que atuou por clubes como Botafogo, Fluminense e Portuguesa, morreu nesta quarta-feira no Rio de Janeiro, aos 84 anos, devido a complicações causadas por um câncer.

Um dos raros ex-jogadores que concluíram o curso superior, Carlos Castro Borges deixa como lembrança uma vasta trajetória por esquadrões do futebol carioca. Revelado no América, o ex-jogador teve uma passagem de três anos pelo Fluminense, onde substituiu Píndaro e atuou ao lado de nomes como Castilho, Jair Marinho, Pinheiro, Telê e Valdo.

Em seguida, transferiu-se para o Botafogo, onde venceu dois Rio-São Paulo e dois Carioca, ao lado da geração de Nilton Santos, Garrincha, Didi, Amarildo, Quarentinha e Zagallo.

Suas boas atuações o deixaram próximo de estar na Copa do Mundo de 1958. Porém, devido a uma lesão grave, perdeu a vaga para De Sordi e Djalma Santos. Cacá ainda contabiliza uma passagem pela Portuguesa, onde foi vice-campeão paulista em 1964.

Seu sepultamento será nesta quinta-feira, às 11h, no Cemitério São João Batista, no Rio de Janeiro

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos