Após vitória 'na raça', Ferraz crê que o Santos fez as pazes com a torcida

Após o Santos vencer o Botafogo por 1 a 0 nesta quarta-feira, Victor Ferraz acredita que foi o pontapé para 'fazer as pazes' com os santistas. Pressionados pelos torcedores, que esperaram o ônibus com a delegação do Peixe após a derrota contra o Corinthians por 1 a 0, o lateral ressaltou o bom relacionamento com a torcida e a atmosfera do Pacaembu no pênalti.

- Eu sei que torcida é paixão. Querem ver o time vencendo. A gente joga em um time grande. Parece clichê, mas queremos vencer jogos e fazê-los felizes. Cada um reage de uma forma. Parte da torcida veio aqui e conversou com a gente. De boa, conversamos. Falamos que não falta vontade. Deixamos claro nesse jogo (contra o Botafogo) que não faltou raça. Foi no espírito do santista. Gol no último minuto e um jogo importante para que pudéssemos 'fazer as pazes'. Na hora que foi falta foi uma atmosfera como se já tivesse sido gol. Aquilo me estimulou e me empurrou para que eu pudesse caprichar - explicou.

Com dois gols no Brasileirão, Ferraz alçou a artilharia santista do campeonato. E ele não deixou passar em branco as brincadeiras com o elenco.

- Nunca fui artilheiro na minha vida. Já liderei assistências, mas de gol em algum campeonato? Nunca tinha acontecido. Estou zoando os meninos, é a segunda vez que sou artilheiro. A primeira vez foi nas assistências. Agora sou artilheiro isolado - brincou.

Com seis pontos, o Peixe foi para o 12º colocado na tabela do Campeoanto Brasileiro. O próximo desafio será no domingo, contra o Atlético-PR, às 19h, na Arena da Baixada.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos