Não por Cicinho e crédito a jovem freiam busca do Corinthians por lateral

  • Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

    Diretor de futebol corintiano disse confiar em Léo Príncipe

    Diretor de futebol corintiano disse confiar em Léo Príncipe

Poucos dias depois de deixar apalavrada e tratar como certa a contratação do lateral direito Cicinho, o Corinthians desistiu do negócio e repensa até mesmo a possibilidade de investir em qualquer jogador para a posição. O motivo para a mudança de pensamento que freou a busca por um lateral é, além do insucesso nas conversas por Cicinho, a confiança em Léo Príncipe, de 20 anos, e que atualmente se recupera de lesão nas dependências do CT Joaquim Grava - seu retorno é esperado para a partida contra o Coritiba, no próximo dia 18.

"Confiamos no Léo Príncipe, que é nosso jogador. Tem uma frase dos ribeirinhos que eu sempre ouvia: "O pior meu é melhor do que o bom alheio". Não que ele seja pior, mas é nosso, fez uma partida muito boa lá no Chile (pela Copa Sul-Americana). Espero que a gente perca o Fagner por muitos jogos, porque ele vai estar feliz na Seleção, mas temos alguém em quem confiamos", diz, ao LANCE!, o diretor de futebol corintiano, Flávio Adauto.

Atualmente, o Corinthians ainda entende a lateral direita como uma carência do elenco e quer oferecer ao técnico Fábio Carille outra opção de sombra a Fagner. O problema é que o clube tem outras prioridades no momento (compra de Pablo e busca por novo zagueiro entre elas) e nenhum lateral definido como alvo. O monitoramento de mercado e consultas continuam, mas até agora não há nenhum interesse formalizado.

Nas últimas semanas, o Corinthians deu como certa a contratação de Cicinho. A ideia era obter um empréstimo de uma temporada do Ludogorets, da Bulgária, mas na última hora os europeus decidiram cobrar pelo negócio, condição que o Corinthians não aceitou. O representante de Cicinho que cuidava da negociação já voltou ao Brasil após o fim das negociações.

Sem Fagner, que está com a Seleção Brasileira, e Léo Príncipe, em tratamento de lesão, o Corinthians tem improvisado o volante Paulo Roberto na lateral. A goleada no primeiro da sequência de três jogos sem Fagner também motiva o desaquecimento da busca por outra peça para o setor.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos