Castán? Carille prefere permanência de Balbuena a reforço no Corinthians

  • Claudio Reyes/AFP Photo

O Corinthians aguarda uma possível liberação do zagueiro Leandro Castán pela Roma (ITA), mas o técnico Fábio Carille está mais focado em outro objetivo: manter os jogadores que já estão no elenco nesta janela de transferências, que abre dia 20 de junho.

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, o treinador elogiou o grupo atual e mostrou otimismo para o restante da temporada. Carille também falou especificamente sobre o caso na zaga e não titubeou ao dizer que prefere a permanência de Balbuena à contratação de Castán.

"Se eu tiver que escolher entre chegar um atleta e não sair ninguém, fico com não sair ninguém. Estou satisfeito. Se não perdemos ninguém, vamos brigar pela Libertadores, pelas primeiras vagas, pelo título", afirmou Carille.

"Melhor que (Balbuena) fique, porque já está aqui. O Castán tem dois anos de contrato com a Roma, é muito difícil. O Castán tem o sonho de querer continuar na Europa. Acho muito difícil ele vir. Mas se ele voltar e o Balbuena não sair, vou ficar ainda mais feliz ", disse.

Carille ainda admitiu que conversa com Castán. Porém, afirmou que não conversou sobre uma possível volta do zagueiro ao Corinthians.

"O que eu vou falar, por favor publiquem o que vou falar: eu falo com o Castán como falo com todos os jogadores, Renato Augusto, Paulinho, Vagner Love, Marcelo Oliveira, Douglas... Não falei com ele sobre a possibilidade de ele vir pra cá, mas sei que ele está muito bem na Europa, família está adaptada lá", declarou Carille.

Como o LANCE! publicou nesta sexta, a diretoria do Corinthians aguarda sinalização de Marcelo Castán, pai e empresário de Leandro Castán, sobre uma reunião realizada com a diretoria da Roma que pode resultar no retorno do jogador de 30 anos ao futebol brasileiro nas próximas semanas. Internamente, o Timão demonstra confiança na repatriação de Castán, apesar dos possíveis entraves financeiros. Mas é justamente na questão do dinheiro que os brasileiros depositam esperanças: a Roma pode fazer uma economia importante com a liberação do jogador.

Isso porque Castán tem vencimentos anuais próximos de 2 milhões de euros (R$ 7,5 milhões), além de outros valores de luvas e premiações. Como tem vínculo por mais duas temporadas, o zagueiro demandaria investimento de pelo menos mais R$ 25 milhões da Roma até o fim do contrato.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos