Thiago Mendes e Maicosuel são dúvidas para clássico em Itaquera

O departamento médico do São Paulo trabalha para evitar que Rogério Ceni tenha dois desfalques a mais contra o Corinthians, neste domingo, em Itaquera. O volante Thiago Mendes e o atacante Maicosuel fazem tratamento intensivo no Reffis para conseguirem entrar em campo.

A situação mais tranquila é em relação ao recém-contratado camisa 7. Ele estreou pelo clube como titular, no triunfo por 2 a 0 sobre o Vitória, nessa quinta-feira, e siau no intervalo queixando-se de dores no púbis. Mas o problema é antigo e requer tratamento ao longo da carreira. Por isso, é bem provável que Maicosuel esteja em campo no clássico.

A maior preocupação é em relação a Thiago Mendes. O volante está recuperado do edema no joelho direito que o tornou desfalque contra Palmeiras e Ponte Preta, mas torceu o mesmo joelho no treino de quarta-feira. A lesão está curada, mas ele se queixa de dores.

Rogério Ceni prefere tratá-lo como dúvida, já que pensa em escalá-lo na ala direita, no lugar de Bruno, e espera poder treinar com ele neste sábado, em atividade fechada à imprensa. Mas a tendência é que o volante complete o quarto jogo seguido como desfalque.

O treino desta sexta-feira, no CT da Barra Funda, teve como novidades no campo atletas que não devem jogar no domingo. Os volantes Wesley e Araruna, em recondicionamento físico após lesões musculares, participaram de quase todo o trabalho com bola ao lado de quem não atuou contra o Vitória, nessa quinta-feira. Mas ambos só devem ficar à disposição para a próxima.

O atacante Wellington Nem, que atuou por cerca de 15 minutos nessa quinta-feira e não atuava há quase dois meses por problema no joelho esquerdo, apareceu no gramado somente para correr. Já o goleiro Denis, vetado do jogo de quinta por tendinite no ombro esquerdo, treinou normalmente.

Os desfalques certos para Rogério Ceni no Majestoso são o zagueiro Rodrigo Caio e o meia Cueva, a serviço das seleções brasileira e peruana, respectivamente, o lateral-direito Buffarini, com estiramento muscular, e o atacante Morato, que operou o joelho direito e só deve voltar a jogar em 2018.

A escalação será definida em treinamento sem a presença dos jornalistas, neste sábado. Mas a tendência é que Rogério Ceni mantenha o 3-4-3 e a formação que iniciou o triunfo diante do Vitória, com: Renan Ribeiro; Lucão, Maicon e Éder Militão; Bruno, Jucilei, Cícero e Junior Tavares; Marcinho, Maicosuel e Pratto.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos