Diretoria do Cruzeiro se reúne com Mano para discutir momento do time

Os tropeços consecutivos na atual edição do Campeonato Brasileiro fizeram o Cruzeiro ligar o sinal de alerta. Não é à toa que a diretoria se reuniu com o técnico Mano Menezes nessa sexta-feira (9), dia seguinte ao revés para o Bahia, a fim de diagnosticar os problemas do elenco.

A conversa foi conduzida pelo vice-presidente de futebol Bruno Vicintin, o diretor Klauss Câmara e o gerente Tinga. O trio se encontrou com o comandante na Toca da Raposa II e discutiu o que deve ser feito para a equipe obter uma resposta imediata no jogo contra o Atlético-GO, neste domingo (11), pela sexta rodada do Brasileirão.

- Houve uma conversa entre todos nós para que possamos identificar quais são os erros e consigamos produzir aquilo que podemos. Queremos alcançar o nível máximo de performance. Não só a torcida - a diretoria e a comissão técnica esperam isso. Conversamos internamente para ajustar o que precisamos. Sabemos que podemos melhorar e esperamos a reação no domingo - afirmou o diretor de futebol Klauss Câmara em entrevista ao site Superesportes.

Questionado sobre uma possível demissão de Mano Menezes em caso de tropeço para o Dragão, o dirigente foi contundente:

- Não tem como a gente falar (sobre o que fazer em um eventual tropeço do Cruzeiro contra o Atlético-GO). Não tem que pensar em derrota. E treinador não veio para fazer três jogos. O Mano Menezes é um técnico conceituado, um dos melhores do Brasil. Vamos fazer valer tudo isso de forma efetiva em resultados - concluiu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos